Sem-vergonhice continua

Se na Auto Europa o maior despudor coube a António Costa hoje, em Ovar, é Marcelo Rebelo de Sousa que abocanha a desfaçatez.

Texto Manuel João Dias Fotografia JOSÉ SENA GOULÃO/epa

Tópico(s) Artigo

  • 0:01 | Sábado, 23 de Maio de 2020
  • Ler em < 1 minuto

Se na Auto Europa o maior despudor coube a António Costa hoje, em Ovar, é Marcelo Rebelo de Sousa que abocanha a desfaçatez.

Fá-lo de modo desajeitado e não consegue esconder os fins eleitorais que comandam esta deslocação.

Esta começa em Sintra em avião militar e segue até à Base Aérea de Ovar, onde é saudado por autoridades da Força Aérea e onde se encontrava Rui Rio e o seu vice Salvador Malheiro.

Seguem-se declarações de Marcelo e de Rio em panegíricos mútuos.

Seguiu-se o almoço, na Base claro, que, esgotados os elogios nos aperitivos, não é difícil antever teve na ementa as eleições presidenciais.

Depois de Palmela ter provocado algum alarido no PSD urgia fazer um contrapeso para acalmar as hostes.

Foi o que vi em Maceda

Se isso é feito em instalações militares e com meios públicos que interessa se Frei Tomás continua a pregar…

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por