A tempestade Chega que abalou o PSD

O PSD olha agora para o Chega, como um quarentão olha para as curvas de uma mulher de vinte e poucos anos. Deseja-as, mas quer continuar a manter um casamento de aparências com o CDS, que parece consentir e até gostar deste triângulo, auxiliado pelas tias Iniciativa Liberal e PPM...

Tópico(s) Artigo

  • 17:36 | Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020
  • Ler em 2 minutos

A tempestade Chega veio dos Açores e chegou ao continente provocando forte ondulação no PSD.

Só para aqueles que seguem a política com um certo distanciamento social é que a solução política parlamentar encontrada para governar os Açores pode ser considerada novidade.

Ao formar uma “geringonça de esquerda”, quando perdeu as eleições legislativas para o PSD, que lhe permitiu governar, António Costa iniciou uma nova era na política: a da maioria parlamentar.

Não causa estranheza a maioria parlamentar de direita encontrada para os Açores. O que se estranha é o acordo e a solução governativa encontrada passar pelo Chega, um partido que parecia mais focado em destruir o poder do que em viabilizar o seu exercício.

Rui Rio pode arengar mil e uma desculpas para o acordo, mas a única que verdadeiramente convence é a do afastamento do poder do PS ao fim de 24 anos de governação, em particular de Carlos César e da sua família de encostados.

Com Rui Rio o PSD revelou-se ainda mais aquilo que sempre foi em política: interesseiro.

Interesseiro, porque se olharmos para trás para o casamento com o CDS, e sempre que deste se pariram coligações, o único objetivo destas era alcançar ou manter o poder, fazendo cair quem até então o exercia.

Esta premissa é tão válida para as eleições legislativas, como para as eleições autárquicas.

O PSD olha agora para o Chega, como um quarentão olha para as curvas de uma mulher de vinte e poucos anos. Deseja-as, mas quer continuar a manter um casamento de aparências com o CDS, que parece consentir e até gostar deste triângulo, auxiliado pelas tias Iniciativa Liberal e PPM, que sabem que um dia o quarentão charmoso deixará de ter pedalada para a jovem e imoderada de vinte e poucos anos, personificada pelo Chega.

Esta atração pelo Chega anima a política nacional e pode não ser fatal para o PSD, já para Rui Rio…

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Opinião

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen office lisans satın al office 2019 satın al