Viseu: aluga-se, arrenda-se, vende-se…

por Paulo Neto | 2015.02.08 - 12:33

 

Ontem, sábado, ao fim de almoço, dei um passeio longo, a pé, por Viseu.

Viver Viseu é um bom slogan. Melhor do que a 1ª água… Mas não basta.

A CMV tem uma política de marketing agressiva e prolixa. De tal forma que se tornou ensurdecedora (além de cara…). E já ninguém a ouve. Tirando os deslumbrados que põem uma fotografia do cartaz com seus gémeos no “face” com a frase soalheira: “Os meus filhos são a imagem de marca de Viseu!”. Compreendemos…

Não há uma rua da cidade que não tenha uma imensa profusão de espaços comerciais para alugar, arrendar, vendar… Até podia ser sinónimo de sucesso empresarial, de investimento na construção. Mas, infelizmente é imagem de fracasso comercial.

vi3

 

vi4

 

vi5Pior, alguns, por estarem há tanto tempo fechados e vazios, apresentam um lastimoso aspecto que, só de olhar, contrariam toda a pub da “melhor cidade para viver”. A bota não bate com a perdigota…

Além das ruas há os centros comerciais. Os mais antigos têm as lojas fechadas a 90%… Outro indicador de fartura.

Até os grafitis andam desanimadores…

graflow

Viseu não conseguiu atrair, nos últimos anos, qualquer indústria relevante para o concelho. A Gestin foi um fracasso, a AIRV funciona por… endogenia (para dentro).

O comércio tradicional está morto. O comércio, em geral, está moribundo. Não há renovação nem inovação. A Associação Comercial subjugou-se a umas tretas mal contadas e tornou-se CERV… para satisfação dos egos dos do costume.

Nas ruas desertas de um sábado, nem no centro histórico se via vivalma.

rd vazia low

Amanhã abordarei esta outra questão.

Em suma: este executivo começa a cair num descrédito irreversível. Mostra não ter rumo nem linha de actuação coerente. Só labieta. Que os viseenses se começam a cansar de ouvir.

O RD não critica por gosto ou prazer. Gostava – e muito – de louvar. Infelizmente, não tem o quê…

Publicamos 3 ou 4 fotos tiradas em duas ruas paralelas a 50 metros do Rossio. Se houver dúvidas, publicamos mais uma centena.

Que Deus lhe perdoe e o bispo o abençoe, AH, os munícipes começam a perder essa capacidade de tolerância e de paciência…

jesus1low