“O Chico do Pinto…”

por Paulo Neto | 2015.02.23 - 17:16

 

… Este epíteto não é nosso mas, na sua irreverência e mordacidade mostra bem por onde Francisco Lopes, o presidente da Câmara de Lamego vai arrastando, penosamente, os seus derradeiros dias de agonia.

E como se não bastasse toda a defecção do seu esboroado executivo e a recorrência às segundas escolhas, agora, perdida a maioria, vê-se como o pedinte a esmolar o óbolo à porta da vetusta Sé ou ao fundo da grandiosa escadaria dos Remédios.

Se o PS tem vindo a denunciar o alarmante e catastrófico estado a que Francisco Lopes levou as contas da autarquia, vem também a CDU exigir clareza e denunciar arbitrariedades e prepotências, em comunicado pelo RD publicado e que pode ler aqui…

http://www.ruadireita.pt/este-nosso-territorio/camara-de-lamego-o-inverno-do-nosso-descontentamento-8056.html

Inquietação sobre a “verdadeira dimensão da dívida”, sobre o multiusos, sobre os actos de gestão municipal, sobre “lóbis individuais”, acerca de “caldos de cultura que favorecem as corrupções”, sobre “os ilícitos conhecidos”, referentemente aos “desmandos da política arrasadora e de desastrosa gestão”, da “implantação de uma monstruosa ‘caixa de sardinhas, (…) monstro ferrugento para dar uso aos ‘restos mortais’ sobrantes dos sucessivos desmantelamentos do multiusos (…) horrorosa caixa monolítica” e etc. Esta é parte da letal matéria ora invocada por José Pessoa, da CDU local.

Francisco Lopes, vice-presidente da distrital do PSD, poderá dentro em breve ser candidato a deputado laranja. Poder pode… Mas leva às costas, se for eleito e para a Assembleia da República, como prémio de consolação, o ónus do autarca que “desgraçou” Lamego…