“Inovar é ver primeiro”

por Paulo Neto | 2014.04.11 - 17:00

 

O Diário de Viseu traz na sua edição de hoje uma separata a todos os títulos louvável: O Guia do Autarca 2013-17.

Através das suas 40 páginas, em bom papel “couché”, formato de revista, com tiragem de 5 mil exemplares, prefácio de Leitão Amaro, secretário de Estado da Administração Local, proporciona ao leitor a fidedignidade de um documento que é para guardar, consultar e usar para fins práticos, tal a quantidade de informação proporcionada:

– Caracterização dos 24 concelhos do distrito de Viseu;

– Mini-entrevista do presidente de cada uma das autarquias;

– Identificação com foto e orientação partidária de todos os vereadores eleitos, com referência dos pelouros atribuídos;

– Identificação das juntas de freguesia, dos presidentes e respectivos contactos.

Maioritariamente patrocinado pela Câmara Municipal de Viseu e pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, é-o também por algumas autarquias, instituições e empresas do distrito.

Uma boa aposta num documento útil, graficamente bem delineado a nível de conteúdos e de grafismo.

Para ficar à “mão de semear” nas secretárias de quem pensa o território.

Eu já tenho o meu.

Entretanto, e porque hoje é 6ª feira, o Jornal do Centro proporciona-nos, entre outras, uma boa entrevista de Nuno Martinho acerca das actividades da Comunidade Intermunicipal que chefia, outra de D. António Couto, bispo de Lamego, mas deixa-nos profundamente inquietos com o título de 1ª página: “Mangualde – Fábrica da Citroën sem garantias de futuro”.

Por seu turno, o Correio Beirão, mais “magro” mas presente, faz capa com a luta pela “Casa de Aristides” e proporciona entrevista com Marilu, presidente da APPDA-Viseu.

E por aqui ficamos, pelos três dignos órgãos de comunicação regional que hoje nos chegaram às mãos.