Hélder, o Marcial…

por Paulo Neto | 2015.08.14 - 23:41

 

 

 

O nosso estimado colaborador Norberto Pires, docente da Universidade de Coimbra, ex-presidente da CCDRC e vereador da câmara de Condeixa eleito pelo PSD, recorda Sá Carneiro nesta lapidar frase:

A política sem risco é uma chatice, mas sem ética é uma vergonha

E com ela remata a sua crónica de hoje no RD, a propósito de Almeida Henriques ter arranjado forma de contornar a lei dos compromissos, aprovando em reunião camarária uma proposta que lhe permite adjudicações e etc. e tal até 75 mil euros sem dar cavaco a ninguém…

Ler aqui:

http://www.ruadireita.pt/largo-do-pelourinho/a-democracia-em-viseu-a-andar-para-tras-10125.html

É uma norma, um procedimento, uma agilidade que se contextualiza com o modus faciendi deste autarca festaroleiro, pouco eficaz no médio e longo alcance, improdutivo nas grandes medidas até prova em contrário, de agir populista e perdulário nos gastos.

Claro que e na dita reunião os seus pares abanaram inevitavelmente com a cabeça para baixo e para cima (estão lá para isso), enquanto o PS a abanou para a esquerda e para a direita (o que é muito de admirar e de louvar). Fica o registo.

Quem ficou muito mal no retrato foi o CDS que não concorda mas vota a favor. Coerência total…

O CDS perdeu assim a oportunidade de mostrar o mínimo exigível de coluna vertebral. Os tempos do aguerrido e marcial Hélder Amaral deram lugar aos tempos da subserviência, da anuência, da cumplicidade aquiescente. E tudo a troco de quê? De um lugar na lista de deputados na coligação PSD/CDS-PP?

A ser assim, o CDS de Hélder Amaral bateu no fundo e, a partir de hoje perdeu a lógica, a razão e, naturalmente, a intenção de voltar a concorrer em próximas ou futuras autárquicas à CMV.

A política é de facto uma farsa pouco digna onde os interesses circunstanciais e pessoais se desmesuram a dimensões portentosas!

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontade / Muda-se o ser, muda-se a confiança: / Todo o mundo é composto de mudança, / Tomando sempre novas qualidades…”

Mas os homens são os mesmos, só esmorecendo a pugnitiva e marcial postura de Hélder Amaral (vou procurar uma entrevista que lhe fiz há 3 anos…) que terá trocado o lugar de vereador da oposição à CMV por um 4º lugar de candidato a deputado pelo distrito de Viseu.

É preciso ter lata!

morcego021

 

Os vampiros não param de sugar a vital seiva de Atenas. Mais um 3º resgate (até o nome é feio…) quando e no entrementes surge a notícia oriunda da própria Alemanha de que este país lucrou mais de cem mil milhões de euros com a “debilidade” grega.

Lembrarmo-nos que o nazismo e o arianismo hitleriano encontraram na invocada agiotagem dos “filhos de Israel” um dos esteios fundamentais para o genocídio dos judeus…