Do comendador Lopes ao psitacismo dos ex-pàfs

por Paulo Neto | 2016.07.22 - 20:05

 

O colaborador da RD, Manuel Ferreira, escreve que o inefável presidente da autarquia local, o ás da dívida autárquica do distrito, quer dar à penhora Escolas e Piscinas para garante da dívida à Autoridade Tributária.

Se a moda pega até o 3º Mercedes dos mandatos marcha…

 

Viseu é a cidade com mais sinalização vertical por m2 – estimativa do Compadre Zacarias.

Tem quase tantas como lixo em muitas das artérias periféricas da “parada”.

Ironicamente, algumas são sobre lixo, dejectos e quejandos. Ou seja, em vez de limparem…

Já se diz que as verbas que as “festarolices” comem têm que ser tirada a algumas rubricas. Quanto às placas, elas são a dobrar, a triplicar, às dúzias, aos quarteirões, às grosas…

hilariolow

O Compadre Zacarias jura que vai montar uma fabriqueta daquelas “coisas” e que ficará rico só com a CMV. Quem será o vereador deste pelouro, quer ele saber, pois intenta convidá-lo para a inauguração.

 

É uma paródia ouvir a claque ex-pàf falar da banca…

Andarão desmemoriados ou com excesso de sol na “tóla”? A gestão da sua malta na CGD, a condução do processo BES, a liquidação do Banif nada teve a ver com o seu governo – nem com o de José Sócrates, acrescente-se.

O topete e o cinismo atingiram tal brutal desmesura… A mentira e o apagamento do passado tornou-se na verdade do presente. E eles, feitos virgens ao poente, tentam fazer de todos parvos e acéfalos neste jogo de papagaios e, num psitacismo absurdo, agem como os nazis derrotados da 2ª GG que nunca tinham ouvido falar em genocídios, câmaras de gás, Adolf Hitler, Gestapo, SS, Himmler, Göring, Eichman, Heydrich, Hess e etc. e tal.

Governo novo, vida nova! Saiam 10 contentores de lixívia.

A amnésia colectiva cantada ao som e tom de hino de praia, ao crepúsculo, decerto depois de umas “loiras” bem escorropichadas, dá nisto… Tal malta!