PV recebe financiamento de 180 mil euros para “Escolas de Verão”

A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) anunciou a atribuição de financiamento no montante de 179.941,00 euros a oito “Escolas de Verão” propostas pelo Politécnico de Viseu (PV). A iniciativa “Escolas de Verão” decorre no âmbito do apoio especial “Verão com Ciência”, promovido pela FCT, em colaboração com a Direção Geral do Ensino Superior (DGES).

Tópico(s) Artigo

  • 13:45 | Domingo, 12 de Julho de 2020
  • Ler em 2 minutos

Um apoio especial da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) vai dinamizar a realização de “Escolas de Verão” em resposta à pandemia de COVID-19. Entre julho e outubro, o Politécnico de Viseu – o segundo Politécnico com mais candidaturas aprovadas – vai acolher oito “Escolas de Verão”.

A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) anunciou a atribuição de financiamento no montante de 179.941,00 euros a oito “Escolas de Verão” propostas pelo Politécnico de Viseu (PV). A iniciativa “Escolas de Verão” decorre no âmbito do apoio especial “Verão com Ciência”, promovido pela FCT, em colaboração com a Direção Geral do Ensino Superior (DGES).

João Monney Paiva, Presidente do Politécnico de Viseu, valoriza a dinâmica dos docentes e investigadores das várias Escolas que, num curto espaço de tempo, apresentaram projetos de áreas formativas como as Ciências Agrárias, Alimentares e Veterinárias, as Ciências da Vida e da Saúde, a Educação e Desenvolvimento Social e as Engenharias e Tecnologias.

Para além do importante contributo que esta iniciativa vai constituir para a formação dos estudantes, João Monney Paiva considera que este financiamento contribui para os bons resultados que têm sido obtidos na área da Investigação e Inovação no PV, com aumento das receitas de vários projetos nacionais e internacionais, através da colaboração crescente entre as diversas escolas superiores e seus departamentos.

As “Escolas de Verão” aprovadas para o Politécnico de Viseu foram: “A aplicação da Impressão 3D a Projetos de I&D”, Serafim Oliveira; “Agroecologia e sistemas alimentares sustentáveis”, Cristina Amaro da Costa; “Aplicações IoT para a área da saúde”, Ivan Pires; “Competências Emocionais e Prevenção do Abandono no Ensino Superior”, Manuela Ferreira; “Dinâmicas e Estratégias de Inclusão para a Promoção e Literacia em Saúde no Ensino Superior”, Carlos Albuquerque; “Economia circular – Desenvolvimento de Soluções Sustentáveis”, Isabel Brás; e “INVEST – Iniciação à inVESTigação e Publicação científica: potencialidades da revisão sistemática da literatura e meta-análise”, Madalena Cunha, e “Mentores em ação”, Emília Coutinho.

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Última Hora
mersin escort porno porno izle sex hikayeleri maltepe escort pendik escort izmit escort