O “vai e vem” dos Luanda Leaks

Será que após a passagem desta enorme onda de descobertas, depois do sensacionalismo inerente, os Luanda Leaks ficaram em banho Maria?

Tópico(s) Artigo

  • 0:04 | Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020
  • Ler em < 1

O grande folhetim dos Luanda Leaks com todo o protagonismo de Isabel dos Santos, tem tido altos e baixos.

Se de repente, dia e noite, a toda a hora, em Portugal em Angola e um pouco por todo o lado mundo fora, a filha do ex presidente João Eduardo dos Santos mereceu a atenção ou perseguição de todos os medias, de súbito, talvez diluído o interesse do público sempre ávido de novidades, o assunto que tantos empolgou, passou para secundaríssimo plano, largamente ultrapassado pelos confrontos do Benfica, Porto e Sporting (por ordem alfabética, porque se fosse por amor, poria à frente o velho e glorioso Nacional de Benguela e a seguir o FCP…).

Será que após a passagem desta enorme onda de descobertas, depois do sensacionalismo inerente, os Luanda Leaks ficaram em banho Maria? E os 29,78 milhões de angolanos ficaram esclarecidos? O PGA , Hélder Pitta Grós já está de posse de tudo quanto precisa para actuar? O presidente de Angola, João Lourenço desistiu de recuperar o dinheiro dos angolanos?

Espero sinceramente que esta pausa seja devida ao tempo que a Justiça precisa para ordenar as investigações e definir estratégias de actuação perante todos os gigas de info recebida. Pelo bem da Verdade. Pela Justiça. Pelos Angolanos

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Opinião