O sentimento do sossego

Em 27 de Abril de 1943, enquanto Belisário Pimenta e António Sérgio meditavam no sentimento do medo, Salazar aproveitou a circunstância de cumprir quinze anos como ministro das Finanças para falar aos Portugueses por intermédio da Emissora Nacional. Lá contou as suas historietas sobre o facto de quinze anos ser muito e pouco tempo, de […]

  • 12:54 | Sábado, 14 de Dezembro de 2019
  • Ler em < 1

Em 27 de Abril de 1943, enquanto Belisário Pimenta e António Sérgio meditavam no sentimento do medo, Salazar aproveitou a circunstância de cumprir quinze anos como ministro das Finanças para falar aos Portugueses por intermédio da Emissora Nacional.

Lá contou as suas historietas sobre o facto de quinze anos ser muito e pouco tempo, de o país carecer de organização e de o Estado Novo apresentar bons resultados materiais e morais. Isto é o que infiro dos resumos, uma vez que não me detive na versão escrita do discurso. Também se queixou das guerras, da economia e das finanças, mas isto é já ir longe demais num sítio como este, dedicado às bicicletas. Um embaixador inglês associou o tom enigmático e cavo de Salazar aos significados recônditos do oráculo de Delfos. A uns, a dignidade sombria de Salazar sossega-os; a outros, cria um sentimento de medo; a raros, uma vontade de oposição e combate.

Foi precisamente no mês seguinte que chegaram à Curia cerca de duzentos soldados belgas. Tinham estado retidos em Espanha durante dois anos. Permaneceram no Palace Hotel até Agosto. Da Curia, seguiram para Inglaterra e participaram no desembarque dos Aliados na Normandia. Em Setembro e Outubro, a Curia haveria de receber judeus sefarditas deportados pelos nazis. A família Benveniste chegou a 16 de Outubro e também ficou no Palace Hotel.


Nuno Rosmaninho

(Fotos DR)

Gosto do artigo
Publicado por
Publicado em Opinião

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen office lisans satın al office 2019 satın al