O sem-abrigo da Avenida da Europa

Admira-me que nem o Presidente da Câmara, nem o vereador socialista em questão, que trabalha na Segurança Social, numa qualquer deslocação à Av. da Europa, nunca tenham reparado num sem-abrigo que por ali anda há mais de um ano, que vive da boa vontade de alguns empregados da restauração do Continente, que lhe vão proporcionando alimentação e roupa.

Tópico(s) Artigo

  • 23:49 | Quinta-feira, 08 de Outubro de 2020
  • Ler em 2 minutos

No mês de Julho último, numa reunião de Câmara, um vereador do partido socialista apresentou uma proposta respeitante à implementação de um programa de apoio aos sem-abrigo em Viseu, ou como agora se diz no linguajar moderno, a pessoas em situação de sem-abrigo.

Esta proposta foi liminarmente rejeitada pelo Presidente de Câmara, Almeida Henriques, que perguntou ao vereador em questão onde é que havia sem-abrigo em Viseu?

O senhor vereador da oposição, pelo relatado, embatucou e não retorquiu.


Admira-me que nem o Presidente da Câmara, nem o vereador socialista em questão, que trabalha na Segurança Social, numa qualquer deslocação à Av. da Europa, nunca tenham reparado num sem-abrigo que por ali anda há mais de um ano, que vive da boa vontade de alguns empregados da restauração do Continente, que lhe vão proporcionando alimentação e roupa.

É estranho, que tanto a Câmara, com os seus inúmeros programas de apoio social, nem a própria Segurança Social, nunca tenham reparado naquele desafortunado cidadão, que passa os dias a deambular pela Av. da Europa, sozinho e com uns olhos azuis tão tristes.

Talvez se fosse um cão já alguém tivesse, e bem, chamado as entidades municipais para o recolherem, no entanto, este cidadão continua completamente entregue a si próprio e ao seu desamparado infortúnio.

Sr. Presidente Almeida Henriques, como o sr. Vereador do PS não lhe disse onde estavam e como o seu vereador da Ação Social parece ignorar igualmente o caso, digo-lho eu:

O cidadão sem-abrigo, absolutamente pacato e inofensivo, deambula pela Av. da Europa, entre a rotunda da Associação de Comerciantes e a do Continente, onde também é possível, por vezes, avistá-lo na entrada junto à Midas.

Agora, faça o favor de fazer o que tem de ser feito e, em breve, dê notícias de que foi capaz de resgatar este ser humano da rua. Como viseense fico-lhe muito agradecido. Se assim acontecer o homem de olhos azuis tristes talvez possa passar o próximo Inverno com o conforto, que há uns longos anos deve desconhecer.

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Opinião

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen office lisans satın al office 2019 satın al