“Nos últimos 7 anos não foi criada qualquer indústria com mais de 20 postos de trabalho no concelho de Viseu” denunciam os vereadores do PS

Deixamos aqui alguns, fazendo votos de que Almeida Henriques, para além das festarolas, área em que “esturricou” milhões, acolitado pelo seu discípulo Sobrado, possa ainda ter a sensatez (e o dinheiro…) para fazer algo que, enfim, se veja…

Tópico(s) Artigo

  • 22:41 | Sábado, 24 de Outubro de 2020
  • Ler em 3 minutos

Os vereadores do Partido Socialista na Câmara Municipal de Viseu, preocupados com a falta de obra feita por este executivo, ao fim de quase 8 anos de mandato e, provavelmente, conscientes da incapacidade de a fazerem, agravada ainda pela total falta de projectos com mais-valia real para o concelho, apresentaram um longo documento com os “101 Investimentos para o Concelho de Viseu”.

Deixamos aqui alguns, fazendo votos de que Almeida Henriques, para além das festarolas, área em que “esturricou” milhões, acolitado pelo seu discípulo Sobrado, possa ainda ter a sensatez (e o dinheiro…) para fazer algo que, enfim, se veja…

 

Concluir a rede rodoviária estruturante. Entre outras obras, concluir a segunda circular e a duplicação em dupla faixa dos principais acessos à cidade de Viseu, como a estrada EN16; requalificar ou implantar diversos acessos a aldeias do Concelho; requalificar o ex-IP5; implantar finalmente a rotunda do Matadouro na EN229, resolver cinco pontos críticos de segurança e sinistralidade rodoviária; requalificar a ligação do Viso Sul à EN16 e implantar aí, junto ao Recheio, uma rotunda; etc.

Completar e manter a infraestruturação básica. Promover a reconstrução-ampliação da Barragem de Fagilde e a ligação ao sistema de abastecimento do Balsemão; levar o abastecimento de água e o saneamento básico a várias aldeias; requalificar-ampliar a Estação de Tratamento de Água de Fagilde, incluindo a instalação urgente de ozonização para Viseu voltar a ter água 100% segura; ampliar o reservatório do Viso; construir Estações de Tratamento de Águas Residuais, a começar pela ETAR Viseu Norte e ETAR de Silgueiros; etc.

Massificar as infraestruturas de segunda geração. Reforçar na cidade e nas freguesias as redes de comunicação incluindo o 5G, a fibra ótica ou o wireless; reforçar a rede de gás natural, incluindo o fornecimento aos parques empresariais; instalar videovigilância no centro histórico e noutros pontos da Cidade; criar uma Rede Municipal de Desfibriladores; criar uma rede de Monitorização Ambiental; etc.

Promover a habitação condigna e a custos controlados. Construir-reabilitar mais de 300 fogos habitacionais para cumprir o Primeiro Direito no âmbito do Programa de Apoio ao Acesso à Habitação Condigna; requalificar-construir habitação social; abertura de um segundo acesso ao Bairro ao Bairro de Paradinha; requalificar e disponibilizar habitação a custos controlados, incluindo arrendamento acessível; continuar o programa de reabilitação de fachadas de edifícios habitacionais do CHV e ARU, acrescentando a reabilitação interior; etc.

Revitalizar o Centro Histórico de Viseu. Apostar forte na habitação no CHV; requalificar alguns espaços públicos e arruamentos, incluindo a criar áreas verdes e um parque infantil; instalar ou reabilitar infraestruturas, incluindo a drenagem de águas pluviais na Rua Direita ou instalação subterrânea da cablagem das fachadas; promover o arrendamento e o empreendedorismo comercial; promover a instalação de respostas sociais, residências de estudantes; serviços, consultórios, ateliês, oficinas artísticas e de artesanato; criar o Centro Municipal da Juventude no CHV; etc.

Estimular a criação de polos de desenvolvimento nas freguesias. Criar Plataformas Rurais; valorizar e divulgar o potencial turístico das freguesias; implantar um nó de acesso a Boa Aldeia no ex-IP5; construir novas pequenas áreas empresariais; constituir uma Plataforma Municipal de Apoio à Atividade Agroflorestal de Viseu, incluindo Bolsa de Terras, Bolsa de Produtores, Mercados dos Produtores e incubadoras rurais; requalificar a Estação de Comboios de Torredeita e outros imóveis públicos abandonados, como casas dos guardas florestais; etc.

Impulsionar a industrialização e a economia do Concelho. Avançar rapidamente para a implantação modelar da Área de Acolhimento Empresarial de Lordosa; criar uma Plataforma Logística Regional; ampliar os parques empresariais de Mundão e Coimbrões; criar as condições para Viseu promover a efetiva aglomeração-clusterização de setores industriais regionais tradicionais; fomentar o arrendamento comercial no CHV; criar um verdadeiro Centro de Incubação e Apoio ao Empreendedorismo; criar o Parque-Viveiro Florestal de Vale Cavalos; criar o Parque Florestal Multivalente Serra do Crasto-Monte de Santa Luzia; etc.

Construir e requalificar equipamentos municipais. Criar a Casa da Solidariedade, Inclusão e Igualdade, no edifício municipal contíguo à Casa Amarela, para instalar diversas valências de apoio social, incluindo um Centro Local de Acolhimento Social de Emergência; criar a Plataforma da Criatividade; alargar a oferta de salas de espetáculos; criar alojamento e instalações complementares para residências de artistas; criar, finalmente, diversas tipologias de residências de estudantes; construir um Centro de Recolha Oficial de Animais; construir a nave desportiva de Viseu; construir o parque campismo de Viseu; qualificar e aumentar o número de museus municipais; criar jardins comunitários; etc.

Assumir a Transição Climática e Energética. Implementar massivamente a eficiência energética e o uso de energias renováveis, começar nas escolas; aumentar e valorizar a produção de energias alternativas, incluindo a instalação de parques solares fotovoltaicos, torres eólicas e a requalificação de aproveitamentos hidroelétricos; implementar a poupança de água e a eficiência Hídrica; criar um plano de arborização da Cidade e plantar espécies vegetais; aumentar significativamente a área verde da Cidade, incluindo uma grande mancha verde a norte; revitalizar o Rio Pavia; completar as redes de ciclovias urbanas e periurbanas; etc.

Promover a Digitalização. Instalar infraestruturas, redes e serviços das cidades inteligentes; monitorizar e instalar a sensorização das redes (transportes públicos, tráfego, estacionamento, resíduos, etc.) e a telemetria dos contadores de água e luz; criar um centro de operações integrado para a monitorização e gestão dos serviços inteligentes e redes municipais; etc.

 

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Opinião

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen office lisans satın al office 2019 satın al