My dear… escreve-me uma carta

A "letter" surreal que um "group" de 159 "people" enviou a sua "excellency" o presidente da nossa "republic"

Texto Norberto Pires Fotografia Direitos Reservados (DR)

Tópico(s) Artigo

  • 21:58 | Segunda-feira, 13 de Abril de 2020
  • Ler em < 1 minuto

A “letter” surreal que um “group” de 159 “people” enviou a sua “excellency” o presidente da nossa “republic”

Surreal não! “Surreal”, porque com “English accent” fica muito melhor.

Preocupados em dar nas vistas, quero dizer, com a economia do país, 4 “people” escreveram uma carta “surreal” para enviar ao nosso “president”, com CC para o nosso “speaker of the house” e para o nosso “number 10”. Depois de cuidadosamente escrita, a tal “letter” foi assinada por 159 pessoas (imagino que algumas nem leram) igualmente “concerned” com a situação que todos vivemos.

Na carta, que parece desenterrada da década de 50, ou 60, o tal “group” de “four people” escreve umas coisas – algumas que até fazem algum sentido – dizendo 12 VEZES a palavra “excelência” para se dirigirem ao Presidente e restantes destinatários- não percebo bem porque não usaram “excellency” or outra “word” em inglês: estilo “emperor” das nossas cabeças ou “master” da nossa “way of life”.

Os autores da carta dão uma imagem de um país atrasado que é incapaz de se dirigir a um detentor de um órgão de Estado, de forma respeitosa, sem exageros de linguagem ou os salamaleques que são típicos de países de 3º mundo.

Parece a oligarquia a escrever para a oligarquia. Tenham dó: “have mercy”.

Mas, querendo mostrar que são muito evoluídos, escreveram uma coisa que é meio carta, meio “letter”. Por exemplo, uma das “twelve” medidas que propõem a Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor, Arquiteto, Mestre, Engenheiro, Especialista, Comendador, …., Marcelo Rebelo de Sousa, é esta “marvelous” preciosidade (“measure” número 10) que passo a citar:

“Ponderação individual do phase-out de cada medida de lockdown;”

(Não consegui evitar que me saísse pela “mouth” um palavrão em “portuguese” começado por “F”)

Have a nice day.

Tirem-me da “bullshit” deste “movie”.

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Opinião