Viseu e o dilema do PSD: Ruas ou Gouveia?

Provavelmente Rui Rio já saberá quem é. Ele e a sua sombra Silvano. Mas andarão em busca do bom e sólido argumento para justificarem a preterição do veterano Ruas e a escolha do novato Gouveia.

  • 15:23 | Sexta-feira, 30 de Abril de 2021
  • Ler em 2 minutos

O PSD, a menos de cinco meses das eleições autárquicas de Setembro não consegue definir qual o candidato que vai apresentar a Viseu.

Provavelmente Rui Rio já saberá quem é. Ele e a sua sombra Silvano. Mas andarão em busca do bom e sólido argumento para justificarem a preterição do veterano Ruas e a escolha do novato Gouveia. Este, cansado de ser o número dois ou três do executivo, com Conceição Azevedo e Almeida Henriques, está em desenfreada correria pelo primeiro lugar do pódio. Tem dois escolhos pelo caminho, Ruas e Pedro Alves, mas tem um “estado-maior” de alto gabarito onde pontificarão Mota Faria, Guilherme Almeida, Ermida, Diamantino, José Ernesto…

Sucedem-se as sondagens internas para servir de calçadeira ao optimizado candidato. Só que os sucessivos resultados não servem aos objectivos de Rio (pelo contrário) … que receia ter de dizer a Ruas que está fora da corrida e que talvez ficasse bem como candidato à Assembleia Municipal ou à merecida reforma política. Mas até este derradeiro reduto da AM, há demasiado tempo “fazenda” de Faria, lhe poderá ser negado.


Andam por aí a contar carabinas, mas curiosamente, apesar de em lados diferentes da barricada, têm baionetas a apoiar um e outro. O que é fantástico… e não deixa de ser curioso e paradigmático da cisão declarada.

Ter candidatos a mais pode ser tão dilemático como ter candidatos a menos. A fartura e a fome geram quase sempre revoltas e podem redundar na divisão das hostes.

Convenhamos que tanto Ruas como Gouveia serão dois bons candidatos. O que piora a escolha. Se ao menos um fosse decididamente “fraquinho”…

De certo é saber-se que ambos estão imbuidíssimos do excelente espírito de missão que os impulsiona para dedicarem suas vidas ao altruísta serviço da “res publica”. Ruas a caminho das três dezenas de anos como “missionário”, Gouveia ainda longe da primeira dezena.

Viseu tem os saudosos de Ruas assim a modos como a camioneta de fãs do Marco Paulo, com as balzaquianas cinquentonas que o seguem de concerto em concerto, com aplausos e lágrimas certas. O que falta a Gouveia? Que capital ou mais-valia poderá arvorar para ser o escolhido? Que passado político tem para apresentar?

De certa forma, temos aqui também uma infrene pugna entre a distrital chefiada por Pedro Alves, que seria o número 2 de Ruas e a concelhia comanditada por Gouveia, acolitado pelo empenhadíssimo Guilherme Almeida, a jogar o seu futuro político, se bem que agora sempre garantido por um eventual lugar de “magister” no Politécnico do – enfim, ufa! – J. Costa.

Ou então, Fernando Ruas vence a contenda e magnânimo estende a mão tolerante a Gouveia, e concede-lhe o 5º lugar da lista…

 

(Foto DR)

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Editorial

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen windows lisansları windows 10 pro satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno