Jorge Sobrado bate com a porta

Começou com Odete Paiva, continuou com Joaquim Seixas, um dos melhores membros desta equipa e, para já, remata-se com Jorge Sobrado. Pelo meio tinha saído também o chefe de gabinete de Almeida Henriques, o fidelíssimo Nuno Nascimento que, na hora da verdade, não encontrou essa fiel reciprocidade por parte do “chefe”.

  • 12:48 | Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021
  • Ler em 2 minutos

Desde que Almeida Henriques tomou posse, agora a acabar o seu segundo e esperamos que último mandato, é recorrente a dança de cadeiras no seio do executivo viseense.

Começou com Odete Paiva, continuou com Joaquim Seixas, um dos melhores membros desta equipa e, para já, remata-se com Jorge Sobrado. Pelo meio tinha saído também o chefe de gabinete de AH, o fidelíssimo Nuno Nascimento que, na hora da verdade, não encontrou essa fiel reciprocidade por parte do “chefe”.

Fica-se com a conjectural ideia de estarmos perante um “ninho de intrigas”, onde as pulsões do poder e os arranjismos de circunstância se sobrepõem a tudo.


Neste caso, Sobrado que veio da secretaria de Estado com AH, terá provado do seu próprio veneno. O vereador da Cultura, Património, Turismo e Marketing Territorial, bate com a porta, provocando mais uma baixa no executivo.

A seu tempo, no último trimestre do passado ano, terá concorrido para uma vaga de técnico superior no Turismo do Centro, acautelando o futuro que se vê sombrio. Também terá sido vencido na “guerrilha” interna pelo vereador Gouveia, mais forte depois que ganhou a concelhia do PSD e, acolitado por Guilherme Almeida que foi “recondicionado” na ADDLAP que aquele comanda, se tornou agora indispensável para as autárquicas que se avizinham, daqui a mais ou menos oito meses.

De certo pouco se sabe sobre quem será o candidato à CMV. Para a distrital do PSD haverá o plano A, o B e o C.

O A contará com o actual autarca. Porém, se ele vier a ser “beliscado” pelas investigações judiciais em curso, pode surgir o Plano B com Gouveia à cabeça… ou então, em derradeiro recurso, avança Ruas, o candidato de reserva.

Entretanto, Jorge Sobrado, que ainda mantém a mulher Bárbara na Viseu Marca, sai a dizer bem de Almeida Henriques e… sai ficando, pois mantém o lugar de vereador não executivo, o que quer que isso seja.

Única certeza é o esboroamento deste projecto capitaneado por Almeida Henriques, tornado num “flop” total para Viseu e para os viseenses, agora aparentemente mais à deriva, perdido o Norte e sem Sobrado no porto de abrigo…

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Editorial

Office Lizenz Kaufen Windows 10 pro lizenz kaufen Office 2019 Lizenz Office 365 lizenz kaufen Windows 10 Home lizenz kaufen Office 2016 lizenz kaufen windows lisansları windows 10 pro satın al follower kaufen instagram follower kaufen porno