Let’s shot!

por Paulo Neto | 2014.05.10 - 08:43

Faltam 15 dias para as eleições europeias.

Amaviosos, os partidos políticos, como os pavões nos rituais de acasalamento, mostram as suas mais belas penas. As da cauda.

A linguagem usada nos discursos públicos tornou-se balada de amor ao luar de Maio.

Festejam-se grandes feitos. Passou-se o Cabo das Tormentas. Dizem os visionários. Agora é que vai ser…

Há que alargar o cinto pois as vacas esqueléticas já foram substituídas por nédias e luzidias taurinas arouquesas de úberos anchos como arcazes de milho louro.

Será que estes trauliteiros, para além das malfeitorias cometidas e a cometer ainda têm o desplante de nos querer fazer passar por idiotas?

Temos oportunidade de lhes dar cabal e íntegra resposta no dia 25 com aquilo que eles mais temem, receiam e odeiam: o voto!

Por isso e apesar de todo o descrédito que a classe política se esforça por merecer, apesar de sabermos que aquela arrogância ostentada não é senão o mero complexo do subserviente servilismo aos mercados que verdadeiramente nos governam, nos bebem o sangue e nos esfolam a pele, apesar de sabermos tudo isso, devemos recusar o desprezo da abstenção e, cônscios da nossa cidadania, não perdermos esta rara oportunidade de expressar o nosso descontentamento, a nossa revolta, a nossa indignação.

Vamos votar!