Deitar braços à luta

Não esperei mais. Fui-me de imediato à segunda encomenda, louvando estes jovens empresários que não ficaram de braços caídos à espera de uma tutela que parece tímida, senão alheada dos verdadeiros e graves problemas do sector.

  • 21:49 | Quinta-feira, 16 de Abril de 2020
  • Ler em 2 minutos

Tive há dias conhecimento, por intermédio de um “amigo facebookiano”, o Albino José Poças, desta pequena empresa familiar, a Acinom, Agricultura, com sede em Monte Leal, Vale de Prazeres, que se viu na iminência de ter que deitar fora sua produção diária de leite, por falta de escoamento dos queijos ali fabricados, devido aos constrangimentos provocados pelo Covid-19.

Entretanto e face à ausência generalizada e palpável de medidas urgentes de apoio, por parte do Ministério da Agricultura, decidiram usar as redes sociais para comercialização do seu produto, os queijos, o seu meio de subsistência e modo de vida.

Gostei do que vi. Contactei e encomendei.

Hoje, via CTT, muito bem acomodados, chegaram-me a casa os dois primeiros queijos, um fresco e outro de plena cura.

Da factura previamente recebida por email, tirei o NIB e fui de imediato fazer a transferência bancária. De seguida, no remanso deste confinamento, com um naco de broa e uma talhada de presunto, porfiei no exemplar de cura longa. Uma delícia para os sentidos, nomeadamente o olfacto intenso e o paladar agressivo e generoso.

Não esperei mais. Fui-me de imediato à segunda encomenda, louvando estes jovens empresários que não ficaram de braços caídos a aguardar pelos cuidados, que deveriam ser intensivos, por parte de uma tutela que parece tímida, senão alheada dos verdadeiros e graves problemas do sector tutelado.

Da página da ACINOM, transcrevo e no sentido único de ajudar a divulgar esta iniciativa:

“Valores para as próximas encomendas :

1 queijo: 8 euros+ 8 euros CTT

2 queijos: 16 euros+ 8 euros CTT

4 queijos: 32 euros+ 12 euros CTT

6 queijos: 48 euros+ 12 euros CTT

8 queijos: 64 euros+15 euros CTT

De forma a conseguirmos gerir melhor as entregas, o/os queijo/s serão enviados todas as terças-feiras, podendo as encomendas ser feitas até ao sábado anterior.

Se ainda não provou o nosso queijo tradicional de ovelha não hesite, faça JÁ a sua encomenda, se provou e gostou RENOVE a sua encomenda.

Estamos à vossa espera!!!!

Continuem a ajudar os produtos tradicionais e nacionais!!!

acinomagricultura@gmail.com

963765540/924308421 “

Gosto do artigo
Publicado por
Publicado em Editorial