Aquilino de regresso ao Carregal

por Paulo Neto | 2016.09.07 - 19:44

 

 

 

Por mão da Bertrand Editora e da Câmara Municipal de Sernancelhe vai ser reeditada a obra “Cinco Réis de Gente”, de Aquilino Ribeiro.

convite_v5low

Lembramos que foi publicada em 1948 e ficciona a infância no Carregal, onde nasceu, do alter-ego Amadeu Magalhães, nos seus primeiros 10 anos de vida, de 1885 até 1895, altura em que Aquilino vai viver com seus pais para Soutosa, nesse mesmo ano seguindo para o Colégio da Lapa onde estudará durante a próxima meia década, descrita na outra tábua autobiográfica “Uma Luz ao Longe”, também publicado em 1948.

Na diacronia vivencial de Aquilino, recuaremos a 1918, ano em que publicou “A Via Sinuosa”, tendo surgido Libório Barradas —  “Barradas” como o nome do sino que veio do Convento de S. Francisco para a igreja do Espírito Santo, no Carregal —  dando continuidade à sua romanceada passagem por Lamego e pelo Colégio Roseira, dirigido pelo Pe. Alfredo Pinto Teixeira. Segue-se “Lápides Partidas”  (1945), ficcionando a sua ida para Lisboa e, de modo simplista, podemos considerar “Um Escritor Confessa-se”, lavrado no ano de sua morte, em 1963 e publicado postumamente em 1974, como o fecho desse políptico.
Cinco Réis de Gente”, no dia 17 de Setembro publicamente apresentado, terá prefácio da escritora Luísa Costa Gomes, introdução de Jorge Coelho, nota de abertura de Aquilino Machado e capa do pintor viseense Pedro Albuquerque.

luisa-costa-gomesjc2lowamachadolowalbuquerques

Decorrerá no Pátio dos Sanhudos, agora conhecido como Pátio Aquilino Ribeiro, pelas 17H00, no Carregal e será decerto um momento inesquecível para todos os aquilinianos, condignamente apresentado pelo neto Aquilino Ribeiro, o beirão de Contenças, Jorge Coelho e, em representação do Ministro da Cultura, Rita Sá Marques, sua chefe de Gabinete e, curiosamente, sobrinha-neta do escritor. A Bertrand estará presente com Eduardo Boavida e demais representantes.rita-sa-marques

Ao fim, e da forma a que Sernancelhe nos habituou, haverá muita e boa música e merenda de três assobios.

Uma festa! Agora veja lá se falta…!

 

(Nota: Todas as fotos são PN excepção das de Luísa Costa Gomes e Rita Sá Marques, com DR)