Almeida Henriques soma e segue… “inconseguimentos”. O novo restaurante-bar da Radial de Santiago

por Paulo Neto | 2016.06.20 - 08:41

Muito se tem falado do Parque Radial de Santiago, do Programa Pólis que o fez nascer, da incúria a que tem sido votado, na deterioração das infra estruturas de apoio, nas casas de banho encerradas ao público, no, enfim, triste ar de imerecido abandono a que este executivo camarário o votou.

Um mero e banal exemplo, o “splash” infantil que perdeu o assento em madeira há três anos nunca foi substituído, tendo o responsável – da Câmara ou da Junta – optado por uma atitude mais radical: arrancar o arame e deixar lá dois postes, tais que dois tortulhos de chapéu verde a dar sombra ao nada.

splash

Ao lado dos contentores do bar há muito fechados e vandalizados, a única persistência reside na placa do “gabinete”, que nunca soubemos de quem é – talvez do vereador do respectivo pelouro – nem onde fica – provavelmente atrás de arbusto ou da moita, pela invisibilidade.

gabinete

Almeida Henriques, com a pompa, circunstância e as trombetas do costume, perante as críticas feitas e o esvaziamento crónico e persistente do concurso do bar, anunciou nos órgãos costumeiros a dotação da nova estrutura a ser inaugurada no Verão de 2016 – que começa hoje às 23h34… E lá dizia ele, na retórica inchada e adjectivada a que nos habituou:

“esta será uma âncora muito qualificada que vamos fixar num parque que carece de atratividade ao longo do ano e de um serviço de bar e restauração de qualidade”.

Ler aqui.

Fomos lá hoje ver o remate da construção do investimento de 200 mil euros e constatámos que a dita estrutura-âncora, para já, é um micro-bar esplanada em madeira, decerto provisório, que, ao que apurámos localmente, está a ser explorado por um familiar do empresário que vai construir o dito bar-restaurante-esplanada e a quem louvamos a capacidade empreendedora e desejamos as maiores felicidades.

esplanadabar_santiago

Quanto ao autarca, uma vez mais, enganou-se na data e ao enganar-se, enganou os munícipes frustrando-lhes as expectativas e dando razão ao exagerado do Compadre Zacarias quando refere: “ é só treta e muita labieta…!”

bar1

Ou será que estamos enganados e a obra só estará pronta para o Verão de 2020?bar2