Procura por bicicletas cresceu 93% durante o confinamento

O preço médio por bicicletas e acessórios relacionados cresceu 29% entre janeiro (107€) e maio (138€) deste ano.

Tópico(s) Artigo

  • 12:59 | Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
  • Ler em < 1

Do lado da oferta, maio com 14,091 novos anúncios foi o grande destaque do 1º semestre ao registar uma subida de 43% face ao mês anterior.

Lisboa (15%), Porto (10%) e Setúbal destacam-se como as regiões com maior procura em relação a este equipamento.

A palavra “bicicleta” foi a mais pesquisada em todas as categorias do OLX durante o período de confinamento.

O preço médio por bicicletas e acessórios relacionados cresceu 29% entre janeiro (107€) e maio (138€) deste ano.

O OLX acaba de divulgar um estudo, baseado em dados disponíveis na plataforma, no qual analisa a evolução da procura (contactos feitos a anúncios), oferta (anúncios novos e ativos) e preço médio de bicicletas e acessórios relacionados. As conclusões agora apresentadas examinam os primeiros seis meses de 2020, incluindo o período de confinamento e desconfinamento a propósito da pandemia de Covid-19.

“Estes números permitem-nos inferir com alguma certeza que a bicicleta foi o equipamento preferido dos portugueses para realizarem exercício físico durante a quarentena. Estes dados confirmam objetivamente o que muitos vinham suspeitando, porque não raras vezes ouvi durante os últimos meses que pareciam andar mais bicicletas na rua. Este equipamento permite realizar o habitual exercício físico sem com isso transgredir qualquer uma das regras ou recomendações impostas pelas autoridades nacionais, por isso acaba por ser natural este crescimento repentino e bastante significativo na nossa plataforma”, justifica Andreia Pacheco, Brand Manager do OLX Portugal.

 

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Última Hora
mersin escort porno porno izle sex hikayeleri maltepe escort pendik escort izmit escort