Hospital de Viseu volta a permitir um acompanhante na sala de partos

O Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) volta esta quarta-feira a permitir a presença de um acompanhante na sala de partos, mas mantem suspensas as visitas aos doentes internados.

Tópico(s) Artigo

  • 21:22 | Terça-feira, 19 de Maio de 2020
  • Ler em < 1

O Centro Hospitalar Tondela Viseu (CHTV) volta esta quarta-feira, 20 de maio, a permitir a presença de um acompanhante na sala de partos, mas mantem suspensas as visitas aos doentes internados.

De acordo com a nota enviada às redações, “passa a ser novamente permitida a presença de um acompanhante, por grávida, na sala de partos, desde que cumprida a realização do rastreio ao SARS-CoV-2 a ambos e que o referido acompanhante se mantenha até ao final do parto na sala”, avança este centro hospitalar.

Segundo o Centro Hospitalar Tondela-Viseu, por enquanto, vão manter-se suspensas “as visitas a doentes internados, sejam, ou não, acompanhantes”.

As únicas exceções são os pais de recém-nascidos e de crianças internadas na Neonatologia e na Pediatria, e “doentes internados na Unidade de Cuidados Paliativos de Tondela ou ao cuidado da Equipa Intra-Hospitalar de Cuidados Paliativos, que serão analisados, caso a caso, pelos médicos das respetivas equipas”.

Com o objetivo de “minimizar o impacto desta medida numa ótica de salvaguarda do bem-estar dos utentes, familiares e comunidade em geral”, o centro hospitalar tem disponíveis números de telefone diretos, por enfermaria, para obtenção de informação clínica, e o projeto “O longe faz-se perto”, que permite aos doentes internados contactarem os familiares através de uma videochamada.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 318 mil mortos e infetou mais de 4,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados.

De acordo com os dados avançados pela Direção-Geral da Saúde, em Portugal morreram 1.247 pessoas entre os 29.432 casos confirmados e há até este momento 6.431 casos recuperados.

Gosto do artigo
Palavras-chave
Publicado por
Publicado em Última Hora