Qualidade Made in Portugal

por José Carreira | 2014.05.06 - 20:54

Os tempos são difíceis e de crise. A anunciada “saída limpa com apoio europeu se necessário” (JN) dá-nos bons indicadores, mas não os suficientes para festejos e tranquilidade. As dificuldades não desaparecerão com um estalar de dedos ou com o desligar do contador da saída da TROIKA

Há boas razões para termos esperança no futuro porque em Portugal há criatividade e qualidade. Aqui ficam alguns exemplos:  turismo (Portugal recebeu mais de 40 nomeações para os “Óscares” do turismo europeu); calçado (em 2013, a indústria do calçado português foi considerada “a mais sexy da Europa”. Os sapatos nacionais são os segundos mais caros do mundo à saída da fábrica); azeite (os azeites Gallo e Oliveira da Serra foram considerados, no concurso Mario Solinas, os melhores do mundo); vinho (O americano Matt Kramer, colunista da revista Wine Spectator, considerou Portugal o país mais excitante do mundo em matéria de castas e vinhos); cortiça (“Há um mundo novo para além das rolhas, que mexe com um setor que dá emprego a 8591 pessoas, tem 637 empresas e que na última década teve um investimento em I&D de 500 milhões de euros.”, in Dinheiro Vivo).

Há, de facto, bons exemplos de empreendedores portugueses que poderão servir de motivação para todos nós. Quero destacar o projeto “Nutri Ventures” que  promove a alimentação saudável. Este programa televisivo tem sido exibido em sinal aberto, na RTP2, e, no cabo, pelo canal Panda.

A série de animação, cujas principais personagens são o TEO e a LENA, baseia-se num conjunto de aventuras em vários locais onde os heróis procuram recuperar alimentos perdidos e derrotar as más influências alimentares e nutricionais.

A obesidade infantil é, segundo a Organização Mundial de Saúde, um dos principias problemas de saúde pública nos países desenvolvidos.

Os Estados Unidos têm a maior percentagem de obesos do planeta, sendo considerado o país do fast food. Esta problemática tem merecido a atenção dos decisores políticos.

Os responsáveis da Nutri Ventures foram convidados e recebidos por Michelle Obama na Casa Branca. Sinal de reconhecimento da qualidade, criatividade e atualidade do projeto que passará a ser transmitido através da plataforma online Hulu. É caso para dizer que “o que nacional é bom!”

Um projeto MADE IN PORTUGAL, presente em 23 países espalhados pelo mundo, que alia tecnologia, pedagogia e saúde merece aplausos e reconhecimento. Parabéns!