Antelóquio da serra – Moinho do Pisco, 4 de Julho de 2019

por Nuno Rosmaninho | 2019.07.16 - 11:13

Escrevi antelóquio para não dizer prólogo ou prefácio. Escrevi por antipatia, para ridicularizar um vocábulo de que não gosto sem ter motivo.

Ocorreu-me esta desnecessária acrimónia para classificar a subida do Moinho do Pisco de hoje, feita com a pura intenção de preparar a incursão na serra da Estrela.

Fazendo-se este treino a trinta e oito horas do grande desafio, ao fim da tarde de quinta-feira, era fundamental que não estragasse a força, como ouvi dizer ao senhor Jaime.

Para esse efeito, convenci o Informático Motard a pedalar moderadamente pela encosta suave entre Avelãs de Caminho e Boialvo e, sobretudo, daqui para cima.

A tarde já se fechava, alguns camiões desciam com os faróis ligados quando concluímos que não seria possível chegar ao topo. Invertemos a marcha ao quilómetro 3,7, marcado a partir do cruzamento de Boialvo.

A descida fez-se com a mesma temperança, aquela que faltou ao Informático Motard há dois dias. Disse-me que subiu o Pisco três vezes consecutivas.

Nuno Rosmaninho