Viseenses vão pagar mais para estacionar

por Paulo Neto | 2019.03.05 - 15:52

 

Almeida Henriques, um a um, vai cumprindo os seus desígnios de “empenhar” os munícipes viseenses.

 

No seu afã de vender o espaço público à Saba Portugal e à Egis Portugal, entregou a concessão dos novos parques de estacionamento e o estacionamento pago na via pública a estas empresas, por 3,25 milhões de euros.

Esta deliberação camarária, datada de 3 de Maio de 2018, foi aprovada por unanimidade.

Segundo o autarca, “Estará em vigor, durante 15 anos, a exploração dos actuais parques de estacionamento do Mercado 21 de Agosto e Hospital Velho e dos actuais lugares públicos de estacionamento pagos na via pública na cidade de Viseu. E, por 30 anos, o parque de estacionamento de Santa Cristina e três futuros parques de estacionamento”.

A contrapartida, sacada dos bolsos dos utentes, é uma entrega trimestral de 25,75% sobre a receita global dos parquímetros, o que será uma mão cheia de massa para poder continuar a financiar, entre outras, não só a festarolice local, usufruto e proveito de alguns, como também a futura propaganda e promoção propagandística autárquica.

Aos poucos, Almeida Henriques vai “alienando” por 15 e 30 anos o espaço viseense que, a pretexto da smart city, ecologia, melhor cidade para viver e outras parlapatonices bonitinhas no papel que não na realidade quotidianamente observável, servem de calçadeira a estes intentos cúpidos de arranjar dinheiro a qualquer custo. Neste caso, principalmente do depauperado bolso dos munícipes.