PS Viseu: vencedores e vencidos

por Paulo Neto | 2014.12.01 - 14:22

 

 

O XXº Congresso Nacional do PS trouxe-nos algumas surpresas a nível de representatividade distrital nos órgãos máximos do partido.

Os grandes triunfadores são Acácio Pinto e João Azevedo, respectivamente eleitos para o Conselho Nacional e para a Comissão Política Nacional. João Azevedo integra ainda a Mesa liderada pelo presidente do partido, Carlos César.

Adelaide Modesto, Elza Pais, João Nuno Mendes (ex-secretário de Estado), Rui Cruz, João Rebelo e Fernando Cálix, apoiantes de Costa perfazem os restantes sete nomes desta ala.

Do outro lado estão os ex-apoiantes de Seguro, eleitos por essa quota, José Junqueiro, o grande derrotado, João Tiago Henriques, de Mangualde, Marisabel Moutelo, de Lamego, João Ribeiro, ex-presidente da Câmara de Tabuaço e Miguel Ginestal, que no dia 30 cessou funções no Largo do Rato e é/foi o rosto mais assumido dos “seguristas” locais.

António Borges não foi eleito e permanece na CPN por inerência da presidência da Federação do PS Viseu. Se tiver ainda quaisquer ambições políticas, estas cingir-se-ão ao lugar de deputado nas próximas legislativas.

Agora, depois destas eleições, vão preparar-se as legislativas, que se perfilam no horizonte a menos de um ano. Mas sobre esse assunto muito há a escrever e fica para uma próxima…

 

Nota Avulsa: Mesmo que o PSD e o CDS não queiram hoje é o dia da Restauração da Independência de Portugal, que comemora o 1º de Dezembro de 1640, quando se pôs fim a 60 anos de dominação filipina. Mas o que diz a palavra Restauração a quem vende o país a retalho?