O tempo extra do mirtileiro

por Fernando Figueiredo | 2018.09.13 - 21:20

 

Acredito que por Viseu, com tanta feira e euforia à volta do visitante 1 Milhão da Feira de São Mateus, tenha passado despercebido o último programa na SIC Noticias, de Rui Santos intitulado Tempo Extra.

Neste programa, sobejamente conhecido dos mais aficionados dos temas do futebol, pugna-se por algo até agora desconhecido no Futebol Português a que o autor chama “Verdade Desportiva”. Uma causa em tudo louvável até para os mais desprendidos do pontapé na bola, numa altura em que o mesmo anda pelas ruas da amargura e diariamente nas malhas da Justiça.

Mas, o que torna a última emissão deste programa realmente interessante aos olhos dos Viseenses é o facto do Ex-Jota, ex-Movijovem, ex-sócio do Grupo Lena e ainda de João Cotta, o jovem empresário mirtileiro agora feito Secretário de Estado, João Paulo Rebelo, ter ali um contador que vai apontando os dias que passam sem que este governante se demita devido a evidente incapacidade, aos olhos de Rui Santos e demais olheiros atentos ao fenómeno desportivo, para cumprir as funções que lhe foram delegadas.

As últimas noticias acerca do IPDJ mostram que pelo menos os portistas não irão perder a oportunidade de lhe marcar um livre directo ou mesmo mostrar um cartão vermelho, não confundir com o cartão da Sílvia, esse era de Livre mas no balneário passou trocou de camisola.

Seja como for, com tanta assistência de bancada que o afamado Secretário de Estado já têm, ainda assim, aproveito para deixar uma ideia ao Dr. Sobrado que, no seu futuro político, já escrito nas estrelas, certamente lhe dará jeito. Que tal transformar esse contador virtual num contador real? Este contador, em tudo similar ao que em tempos existiu na Avenida Europa, seria colado na rotunda do alto da Av. 5 Outubro (zona de muito tráfego), para acompanhar o tempo até ao pedido demissão (coisa para levar largos meses), recordando, todos os dias, todas as horas, todos os segundos, a todos os Viseenses o falhanço anunciado que é o “Futuro do Partido Socialista” em Viseu, deixando em sossego os sociais-democratas locais, agora tão agitados com a limpeza prometida por Rui Rio. Os socialistas mais inteligentes, também os há e de quem me dá gosto reconhecer ainda que poucos mas bons, arrepiarão caminho, embora a larga maioria vá continuar a assobiar para canto, como o ex-jota, e a serem reconhecidos como os “Reis dos Frangos”, os frangueiros da política local.

Vá por mim, Dr. Jorge Sobrado, com adversários deste calibre, não terá dificuldades em assumir o lugar que já é seu por direito. Coloque-se na posição de avançado, deixe lá o Almeida no banco porque à baliza é arriscado e bola para a frente. Ligue o contador! O tempo passa, rápido! Até o do Tempo Extra!

 

Fernando Figueiredo

 

Forjado na Beira Alta, aos 56 anos dá-se por bem casado e aprecia a companhia de três filhos, dois ainda na fase de espalhar magia a toda a hora; em família dá-se como feliz, apenas por o fazerem feliz. Como os duros estudou na Academia Militar, que não é para meninos e na época em que ainda se viajava de pé no comboio mas teve ainda tempo para queimar as pestanas em Gestão de Recursos Humanos. 36 anos “militarizado” vê-se agora na reforma a procurar ser “civilizado”. Em termos profissionais esteve no Iraque e voltou para contar, também esteve em Timor onde bebeu água de coco e visitou Jaco, erro fatal que lhe deixou o coração preso nas valorosas gentes timorenses e nas paisagens únicas do País que ajudou a ver nascer independente já no Séc XXI. Nos tempos livre actualiza o blog mais lido e odiado do delta do Dão, o Viseu Sra da Beira, e ainda escreve textos para jornais mas, poucos o lêem. Homem sem grande preocupação em fazer amigos, escreve o que entende sobre quem não consegue entender. Tais liberdades já lhe valeram um par de processos em tribunal, sem nunca se ter declarado Charlie. A genética deixou-o sem um único cabelo mas está careca de saber que os valores do trabalho, da honestidade e da amizade são o maior legado que o pai lhe deixou. Benfiquista moderado, gosta mesmo é de um bom jantar na companhia dos melhores amigos. Agora como empresário e homem de negócios só aceita de lucro o necessário para viver e distribuir por outros e de comissão a 100% a ética, a responsabilidade e o profissionalismo. É garantidamente mais bonito ao vivo que em foto.

Pub