A Internet

por Vitor Santos | 2017.05.16 - 16:51

 

Neste novo mundo, ocorreram mudanças – a escassez foi substituída pela abundância; a lei da oferta e da procura foram substituídas pela Lei de Metcalfe, que especifica que o poder da internet aumenta pela multiplicação do número de utilizadores. Este fenómeno curioso significa que, a cada novo participante que se junta ao diálogo global, aumenta a combinação de recursos de que dispomos. Hoje, milhões de pessoas em todo o mundo a utilizam diariamente para fins educacionais, comerciais ou para divertimento.

“Informação” é uma palavra em moda cuja popularidade aumenta cada vez mais, principalmente quando sabemos que esta “informação” é virtualmente transmitida à velocidade da luz, a todo o planeta, através da Internet.

Quando aplicada à educação, podemos distinguir profundas razões para que cada aluno, no planeta, deva ter um acesso justo à internet. Assimilar o novo, esteja ele relacionado com as modificações de trajetória da vida pessoal ou profissional das pessoas, exige mais do que a simples procura da utilização e conhecimento de uma técnica para uso de novas máquinas. Diferentes das bibliotecas cujos fundos documentais consistem em volumes físicos, não há limites para o número de documentos que podem ser consultados a qualquer momento por meio da Internet. Enquanto algumas bibliotecas têm vários volumes daquelas obras mais populares, os documentos eletrónicos podem ser duplicados à medida que forem necessários.

Coleções valiosas não existem apenas para conter informações históricas, mas também para registar os últimos acontecimentos nas ciências – acontecimentos que levarão anos para fazer parte de livros didáticos. E, provavelmente, quando isso acontecer, tais livros estão ultrapassados em menos de ano e meio a partir da sua publicação!

Os jovens compreendem o poder das ferramentas pessoais conectados à Internet. Se eles os possuem, certamente vão levar, sorrateiramente, seus telemóveis para as salas de aula, escondendo-os atrás dos livros didáticos. Esta possibilidade torna-se muito fácil na medida em que o preço e o tamanho dos equipamentos diminuam de modo a acomodar-se às possibilidades financeiras dos nossos adolescentes. O uso tem de ser educado.

Se os alunos de ontem formaram a Geração.com os de hoje são a Geração.online! Nesse processo mundial de globalização, vivemos um período onde ter poder significa, principalmente, ter domínio sobre informações, saber parar, selecionar, aplicar adequadamente as informações necessárias e úteis na construção do saber e, principalmente, chegar à compreensão das vantagens e benefícios dessa massa de informação que chega a cada segundo, passou a ser uma das qualidades do cidadão do novo milénio.

Nós já vivemos na internet. É este o meio que utilizamos para comunicar com muitos dos nossos amigos e colegas. Como em tudo na vida temos de saber selecionar. Não devemos deixar o mundo real nem trocar as boas conversas com os amigos por uma qualquer rede social!

O Dia Mundial da Internet celebra-se a 17 de maio. A data visa fazer uma reflexão sobre as potencialidades e desafios das novas tecnologias na vida dos cidadãos.

 

Imagem de Paulo Medeiros

 

 

 

Vitor Santos nasceu em Viseu no ano de 1967. Concluiu o Curso de Comunicação Social no IPV. Conta com várias colaborações na Imprensa Regional. Foi diretor do Jornal O Derby.

Pub