Sobrado e o “Pipóle Vaipe” viseense

por Paulo Neto | 2019.07.13 - 14:55

Caso inédito, um recém-chegado vereador da cultura, turismo e etc. e tal de uma autarquia do interior-centro de Portugal, virou mediático ex-libris do tablóide CM, o qual, tanto gravita nas altíssimas esferas da política, nos noticiados lances da corrupção e banditismo, no sport-top, como desce, a demonstrar a sua humilde imparcialidade, ao Largo do Rossio, em Viseu, para dar a conhecer ao seu atentíssimo público, o pioneirismo temático, a inovação constante e o superior dinamismo dos seus “artículos”.

Assim, para bem de todos nós, Jorge Sobrado, o mais “vaipe” dos viriatos “filhos”, vem-nos contar, naquela bela coluna “Freud ao sol”, que se reserva “para selfies com a |sua| mulher” (longe do Marcelo e do Félix); cita S. Paulo com devoção “Onde abunda o pecado superabunda a graça” e acha que António Costa “tem muito de nadador e pouco de salvador”.

Ficámos esclarecidos e, se porventura outra coisa pensássemos, lestos mudámos de opinião, perante estes palpites profundos e metafísicos deste pensador neo-viseense.

Na legenda fica-se a saber que é “gestor da Viseu Marca”, a tal PPP entre a AIRV, a CMV e já não me lembro mais qual outra entidade…

Perante esta actual realidade local-nacional-internacional, “não sei se de pasmo me morra se d’espanto m’atordoe…

Paulo Neto

Foto DR CM