XVI Encontro Público PASC “Daqui Viso Eu – Um olhar interior sobre a realidade nacional”

por Rua Direita | 2013.12.11 - 10:12

18 de Janeiro 2014 | Anfiteatro do Instituto Politécnico de Viseu

Só assim teremos uma verdadeira democracia.

Não é por acaso que isso acontece em Viseu, há fortes motivos objectivos e racionais, mas também emocionais e simbólicos.

Viseu porque foi considerada a melhor cidade para viver; porque é o centro do país, no lugar do coração; porque é um lugar de memórias que vão de Viriato, a Afonso Henriques, D. Duarte, Infante D. Henrique. Grão Vasco; porque é uma terra que no presente já se constrói no futuro. E por fim, porque entre as sete pessoas que iniciaram esta ideia da PASC em finais de 2009, dois são de Viseu, isto é, a PASC tem também alguma coisa de Viseu e de Viriato.

Este Encontro PASC, ficará por isso marcado por esse olhar das terras altas, um olhar de quem no alto vê mais longe e também por um olhar interior, o que não significa de olhos fechados.

Vão ajudar‐nos nestas reflexões sobre a realidade nacional:

Fernando Ruas: o ex‐presidente da Câmara de Viseu, foi ele que fez desta cidade a melhor para se viver; o ex‐presidente da Associação de Municípios. Vai falar‐nos da sustentabilidade das cidades, do poder local e de como o país pode começar a ser construído a partir daí, de baixo para cima e não ao contrário. Não deixa de ser uma construção natural;

José Luis Nogueira: Administrador do Grupo Visabeira, uma multinacional que tem a sua raiz e sede em Viseu. “Como é isso da interioridade, que vantagens ou desvantagens competitivas? O interior pesa mesmo? O que nos falta?”

João Salgueiro: ex‐presidente de Banco, da Associação de Bancos, Ministro das Finanças, deixou de ser há muito tempo um economista comum. Dizem dele, alunos e quem o conhece bem e dizemos nós, que ele é uma verdadeira escola por si mesmo. Gosta mais de falar das causas do que das consequências, porque essas conhecemos nós bem, causas porque é aí que estão as soluções de fundo para os nossos problemas de hoje e do futuro.

Adriano Moreira: um homem que foi quase tudo, nas mais diferentes situações. O seu curriculum não cabe no papel. O que sabemos é que carrega consigo muitos anos e muitas vivências que fizeram dele sábio. Recordamos dele esta frase: “ Contra a voz do poder, só o poder da palavra”. É um amigo de Viseu.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub