Viseu não atinge o Top 10 no Turismo…

por Rua Direita | 2019.04.09 - 10:34

Após uns anos de incansável labor e muitas centenas de milhares de euros investidos, a cidade de Viseu, não está ainda dentro das mais atractivas/chamativas do país, parecendo ter tolhido o passo que lhe permitiria alcandorar-se a um lugar destacado no ranking nacional de turismo do Portugal City Brand Ranking onde, nesta última avaliação ocupa o 28º lugar no item “Visitar”, o 25º em “Negócios” e o 12º em “Viver”.Enquanto a Nazaré se guindou ao 4º lugar da geral, tendo à sua frente, Lisboa, Porto e Funchal (fonte DN), no ranking dos negócios, encabeçam Lisboa, Porto, Braga, Cascais e Coimbra.

A região Centro do país regista crescente procura dos produtos “made in” e também na área dos negócios com uma procura de 23%.

Para todos quantos seguiam com o maior interesse o forte investimento em propaganda turística do município de Viseu, na comunicação social local, nacional e internacional, nas feiras da especialidade nacionais e estrangeiras e face às apoteóticas declarações constantemente proferidas pelo autarca António Almeida Henriques, o desapontamento instalou-se ao constatar que as estratégias não têm provado a sua previsível eficácia face aos objectivos promovidos pelo vereador Jorge Sobrado e às consideráveis verbas “empatadas”.

Pode ser que agora, Sobrado secundado por Jorge Loureiro (Turismo e AHRESP), possa mostrar resultados na área da gastronomia onde e para já se divisa muita Formação Profissional especializada nesse domínio, onde pontifica com excelência o Rancho do Regimento de Infantaria N.º 14.

Viseu, ao que se sabe, não é escasso em produtos naturais de qualidade para singrar. Não é “unhas de fome” nas verbas a despender.  Não é minguada na gratidão dos contribuintes. Porém, humanamente e no âmbito da gestão efectiva de tanto recurso, parece não conseguir acertar o passo… ou melhor, acertar com o “gestor”.

Numa empresa privada, quando o gestor executivo falha tão liminarmente o seu “caderno de encargos”, acontece-lhe o mesmo que ao treinador de futebol que leva a equipa de derrota em derrota até ao fundo da tabela… E aqui? Talvez se o executivo triplicar a verba e o vereador se esforçar com mais denodo e com palpáveis resultados, todos nós, os crentes, vejamos, enfim, o anunciado milagre.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub