Uma menina do cinema que também quer escrever

por Rua Direita | 2016.06.22 - 23:36

 

Mia Tomé esteve em rodagem a semana passada numa produção do Som e a Fúria e tem uma peça da sua autoria a estrear este domingo no Festival de leituras encenadas -Voz Alta, em Lisboa.

Tem vindo a marcar presença no cinema português mas foi em outubro que decidiu começar a escrever, juntando-se a mais sete jovens corajosos no laboratório de escrita do Teatro Nacional D. Maria II orientado por Rui Pina Coelho.
No cinema recentemente deu voz a Maria Pia, uma das personagens da última obra de José Fonseca e Costa – “Axilas“. Filmou também em Março com Tiago Guedes para uma nova série a estrear na RTP.

Com apenas vinte e dois anos escreve agora a sua primeira peça, “Pensão Glória“, que estará no festival juntamente com outros textos não só criados no laboratório de escrita mas também de autores como Gonçalo M. Tavares.
A peça da actriz terá direção de Tonan Quito e conta com actores como João Grosso e Maria Amélia Matta.
Estará em cena no próximo domingo dia 26 de Junho no jardim do Palácio da Independência em Lisboa, inserida no festival de leituras encenadas – Voz Alta.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub