“Sintoma de Ausência”, em Cannes

por Rua Direita | 2015.05.18 - 21:40

A curta-metragem “Sintoma de Ausência”, de Carlos Melim estreou há poucas horas perante uma sala cheia no Short Film Corner do Festival de Cannes. A curta é a terceira obra de Carlos Melim a ser exibida no Short Film Corner em Cannes e conta com Mia Tomé (que foi a Cannes representar a produção) e Filipa Areosa nos principais papéis. Escrito por Nelson P. Ferreira e Vitor Bruno Pereira, o filme é um drama centrado numa jovem lisboeta e questiona o que significa verdadeiramente a intimidade e a confiança, num cenário de solidão e isolamento.

1_18

Confrontada com uma má disposição súbita, Isabel, uma jovem a residir em Lisboa, decide despistar a hipótese de uma gravidez inesperada através de um teste de urina comprado numa farmácia. O resultado é pouco claro, insuficiente para ter alguma certeza, como confidencia à amiga mais chegada, Rita. Por sua vez, Isabel procura o antigo companheiro, o único responsável possível na eventualidade de uma gravidez. Quando tenta forçar contacto é rejeitada. Sem esperança de revê-lo para contar com o seu apoio, sendo que pode estar grávida ou doente, Isabel mergulha no vazio da solidão e desespero, confiando exclusivamente em Rita, que parece saber mais sobre a situação do antigo companheiro do que aquilo que transparece.

Um filme de : Carlos Melim Com : Mia Tomé e Filipa Areosa

Escrito por : Nelson P. Ferreira e Vitor Bruno Pereira

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub