Santa Comba Dão, Lamego e Tabuaço a contas com a dívida dos municípios

por Rua Direita | 2014.10.16 - 13:31

 

 

A Revista Visão publica uma investigação sobre o endividamento dos municípios portugueses.

O distrito de Viseu tem uma autarquia superendividada: Santa Comba Dão, nas mãos do socialista Leonel Gouveia e recém-herdada do social-democrata João Lourenço.

Em Tabuaço, o recém-eleito Carlos de Carvalho (PSD/CDS-PP) recebeu do socialista João Ribeiro uma câmara gravemente endividada.

Francisco Lopes o social-democrata à frente de Lamego, no seu último mandato em coligação com o CDS-PP, não precisou de heranças…

div3

O Fundo de Apoio aos Municípios (FAM), vai ter que pagar 650 milhões de euros para enfrentar este descalabro financeiro.

Ou seja, o contribuinte e as autarquias que souberam bem gerir os dinheiros públicos vão pagar os desmandos e megalomanias das más gestões.

E quanto à responsabilização judicial dos maus gestores? Com as provas dadas, talvez um lugar de deputado, nas próximas legislativas?

A impunidade é um vírus…

As autarquias superendividadas vão obrigatoriamente ter que subir impostos e despedir funcionários, as endividadas têm que proceder à imediata consolidação da dívida.

O autarca do futuro tem que ser mais do que o atleta partidário”, soberano de concelhias e distritais, sob pena de se tornar o algoz dos seus munícipes…

 

(Mapa DR Revista Visão)

 

 

 

mapa-ff7d

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub