Poluição em Beijós

por Rua Direita | 2015.06.02 - 18:12

A Freguesia de Beijós, Concelho de Carregal do Sal, está mais uma vez a ser afetada pelas descargas dos efluentes provenientes da empresa Borgstena, localizada no Concelho de Nelas (fotografias em anexo). As descargas são geralmente realizadas para a Ribeira da Pantanha, mas o Ministério do Ambiente ordenou que as descargas deixassem de ser feitas para aí.

Perante essa situação, as águas residuais passaram a ser desviadas para a estação de tratamento de águas residuais (ETAR) situada entre Nelas e Carvalhal Redondo. Deste modo a Câmara Municipal de Nelas pretende desviar este grave problema ambiental para o Concelho de Carregal do Sal, uma vez que as águas desta ETAR são encaminhadas para a ribeira que atravessa a localidade de Beijós (Ribeira de Travassos). O problema é tanto mais preocupante, uma vez que esta é uma estação para tratamento de águas residuais domésticas e não uma ETARI (Estação de tratamento de águas residuais industriais). Sendo a empresa Borgstena uma indústria têxtil, o seu processo de fabricação de tecido produz efluentes corados, de características químicas muito próprias e inconstantes, que requerem etapas de tratamento específicas e adequadas às características do seu efluente de elevada toxicidade e carga orgânica. A solução que a Câmara Municipal de Nelas arranjou foi transferir o problema para a freguesia vizinha que vive essencialmente da agricultura, onde os vastos campos agrícolas, são muitos deles  regados com água da Ribeira de Travassos.

Pelo que a população promete já desenvolver ações de protesto se tal problema não for resolvido o mais breve possível.

 

 

O Presidente da Junta de Freguesia de Beijós,

Carlos Baptista

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub