PCP questiona o governo sobre a radioterapia privada em Viseu

por Rua Direita | 2015.04.29 - 11:29

O deputado do PCP Miguel Tiago dirigiu-se ao Ministro da Saúde , questionando-o sobre a anunciada instalação do serviço de Radioterapia numa unidade privada de saúde de Viseu.

 

No preâmbulo às perguntas dirigidas ao Ministro, Miguel Tiago, do Grupo Parlamentar do PCP, considera que:

A confirmar-se este “negócio”, estamos perante mais um ataque ao Serviço Nacional de Saúde, porque o que dita esta decisão do Ministro Paulo Macedo é a satisfação dos interesses dos grupos económicos privados do sector da saúde, em detrimento do enriquecimento do SNS.

Este investimento do sector privado numa Unidade de Radioterapia só será rentável porque (tal como em outras Parcerias Público-Privadas) os doentes vão ser intencionalmente desviados do hospital público por falta de resposta, garantindo o lucro aos privados com os dinheiros dos contribuintes.

Este “negócio” é absolutamente contrário aos interesses dos utentes que deveriam estar no centro das políticas de saúde.

 

Em face desta apreciação o deputado do PCP endereçou ao Ministro da Saúde as seguintes perguntas:

 

1 – Para Quando está prevista a construção de um novo espaço físico autónomo para oncologia, com a instalação da radioterapia no Centro Hospitalar de Tondela/Viseu?

 

2 – Confirma o Governo a negociação com uma Unidade Privada de Saúde existente em Viseu ou que venha a ser construída nesta cidade, para instalação da unidade de Radioterapia?

 

2 – Que critério clínico, terapêutico e de defesa dos pacientes e do SNS pode presidir a uma decisão que deslocaliza doentes para fora do local (Hospital de S. Teotónio) onde lhes foi diagnosticada a doença, onde são acompanhados através de consultas regulares, onde lhes são ministrados os tratamentos de quimioterapia?

 

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub