O estranho caso das placas de Fernando Ruas

por Rua Direita | 2017.01.08 - 17:06

 

 

 

Chamou-nos a atenção, leitor atento, de um fenómeno sem explicação e muito bizarro: andam a “cair” placas de inaugurações feitas por Fernando Ruas, colocadas em elementos inerentes ao objecto inaugurado.

Pensamos que só pode ser inúsita coincidência; má qualidade da cola; reacção às baixas temperaturas ou… insólita e derradeira hipótese, dar-se o caso de haver um fã de tal forma incondicional e radical que chega ao ponto de levar as placas para um qualquer mausoléu de adoração/estimação.

Não somos adivinhos, como Almeida Henriques que já anunciou as 190 mil vistas de turistas para 2017, por isso deixamos a quem sabe a supina arte da auspiciação, porém certo é que, a menos de 50 metros da casa do ex-presidente da CMV, na fotografia referenciada, a placa… é preciso ser-se azarado… foi retirada/roubada/subtraída.

Será para substituir por uma nova? Estaria deteriorada? Rachada?

Vá-se lá a saber… e responda quem souber.

O Compadre Zacarias, mais fundamentalista diz a quem o quer ouvir que é um caso análogo ao da cabeça “perdida” da estátua de António de Oliveira Salazar, em Santa Comba Dão. Bom, mas ele é um exagerado…

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub