Mangualde: ETAR de Santa Luzia INAUGURADA

por Rua Direita | 2015.03.13 - 17:22

 

 

 

Numa cerimónia presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde e pelo Secretário de Estado do Ambiente

ETAR de Santa Luzia INAUGURADA

Edil mangualdense afirmou que este momento é ‘o recuperar do tempo perdido’ porque ‘durante muito tempo sentimos na pele o pouco investimento feito no concelho no que diz respeito às infraestruturas básicas’

 Inauguração ETAR (2)

 

Realizou-se esta manhã a cerimónia de inauguração da ETAR de Santa Luzia (ETAR Sul/Poente), em Mangualde. Uma obra de investimento autárquico na ordem dos 400 mil euros. Na cerimónia marcaram presença o Secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, e o presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

‘AUTARQUIA VAI LANÇAR UM CONCURSO PARA INVESTIR O DINHEIRO NAQUILO QUE É O MAIS IMPORTANTE: BOM SERVIÇO E AUMENTO DA QUALIDADE DE VIDA’ E RESOLVER ‘O PROBLEMA QUE A GRANDE ETAR DA LAVANDEIRA TEM CAUSADO ÀS POPULAÇÕES’

 

Foi com orgulho e satisfação que o edil Mangualdense, João Azevedo, afirmou que este momento é ‘o recuperar do tempo perdido’, porque ‘durante muito tempo sentimos na pele o pouco investimento feito no concelho no que diz respeito às infraestruturas básicas, nomeadamente no tratamento de águas residuais’. O autarca reforçou a ideia de que ‘é a altura certa para fazer este tipo de investimentos mesmo que sejam com fundos próprios do município’. Deixou ainda a certeza que ‘autarquia vai lançar um concurso para investir o dinheiro naquilo que é o mais importante: bom serviço e aumento da qualidade de vida’ e desta forma, resolver ‘o problema que a grande ETAR da Lavandeira tem causado às populações’.

Na cerimónia, Paulo Lemos felicitou o autarca mangualdense pela iniciativa, salientando ‘o grande emprenho da autarquia nas questões ambientais, na aposta contínua na qualidade de vida dos cidadãos e na aposta da criação de um município mais competitivo’. O Secretário de Estado do Ambiente acrescentou que ‘esta obra, de dinheiros próprios da autarquia, é uma prova de maturidade e empenho em obras prioritárias’. Paulo Lemos deixou ainda o desejo de ‘com as candidaturas ao plano Portugal 2020, na qual existe uma parte dedicada ao ambiente, ver a construção desta ETAR concluída ainda no seu mandato’.

 

ETAR VAI SERVIR 3000 HABITANTES

Esta ETAR está destinada a depurar o efluente produzido pelos aglomerados de Santa Luzia, Santo Amaro e Ançada e parte do núcleo da cidade de Mangualde, é um órgão dimensionado para servir três a cinco mil habitantes. Vai possibilitar a desativação de duas unidades de tratamento públicas: a fossa de Ançada e a fossa de Santo Amaro, contribuindo para o cumprimento do normativo nacional e comunitário relativo ao tratamento de águas residuais urbanas, bem como para uma melhor qualidade do serviço público prestados aos munícipes abrangidos nesta bacia de drenagem. A linha de tratamento preconizada baseia-se num processo biológico de lamas ativadas em arejamento prolongado. É constituída pelos seguintes órgãos: gradagem, tamisagem, elevação do efluente, medição do caudal afluente, reator biológico, decantador secundário e sistema de tratamento de lamas. Estão ainda incluídos no âmbito da obra, a construção de um edifício de exploração, a pavimentação de todo o recinto e a sua vedação.

 

 

 

 

SMonteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub