Júlio Pereira e Carmem Souza fazem a grande festa no Teatro Viriato

por Rua Direita | 2014.01.13 - 21:27

Uma festa de duas noites para celebrar 15 anos de atividade. É assim que o Teatro Viriato abre 2014, com dois concertos que têm em comum a lusofonia expressa na música de Júlio Pereira e de Carmen Souza.

Percorrida a viagem de sons que levaram Júlio Pereira a muitos lu(g)ares e paisagens criativas, o compositor e multi-instrumentista revisita agora o universo acústico do cavaquinho.

Uma revisita que não é um regresso, mas antes uma reactualização de sonoridades, formas, modos (e modas…), onde o bandolim e a geografia musical de Júlio Pereira traduz uma constante procura de novos caminhos.

Neste concerto, Júlio Pereira apresenta algumas das músicas do seu novo disco Cavaquinho.pt, lançado num momento em que o compositor tem desenvolvido esforços para que a UNESCO reconheça o cavaquinho como património imaterial da Humanidade.

Composição, arranjos  e produção musical Júlio Pereira

Interpretação

Júlio Pereira (bandolim e cavaquinho),

Sandra Martins (violoncelo),

Miguel Veras (viola),

Luís Peixoto (braguesa e bouzouki)

e Mr. Loop (percussão)

Produção executiva Alain Vachier

Sexta-feira – 17 de Janeiro 21h30 | 60 min.

preço único 10€ ou 15€ (Júlio Pereira + Carmen Souza)

m/ 6 anos

 

CARMEN SOUZA | “KACHUPADA”

Considerada um dos inquietantes e vibrantes símbolos da lusofonia, a lisboeta Carmen Souza a partir da tradição das ilhas de Cabo Verde (a origem da sua família) e através das encruzilhadas próprias da diáspora tem construído um eclético programa artístico que se afigura único no panorama internacional. Música afro-cubana, jazz, morna e outras referências nascidas de inúmeras fusões rítmicas marcam o seu perfil.

O novo disco intitulado Kachupada alia memórias de presos políticos ao emancipatório gesto do jazz, percorre a riqueza rítmica das ilhas e canta a exaltação da vida, da juventude e da família. Uma enérgica e concentrada demonstração de mais-valia criativa.

E porque a noite é de aniversário, no final do concerto, Carmen Souza presenteia o público com a interpretação de mais alguns temas mas, desta vez, no foyer.

Interpretação

Carmen Souza (voz),

Theo Pascal (contrabaixo),

Elias Kacomanolis (percussões)

e Ben Burrel (piano)

Sábado – 18 de Janeiro 21h30 | 60 min. + 45 min. (foyer) 

preço único 10€ e 5€ (no foyer, a partir das 23h15) ou 15€ (Júlio Pereira + Carmen Souza)

m/ 6 anos

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub