GNR lança operação nacional de fiscalização ao transporte de madeiras

por Rua Direita | 2014.03.21 - 13:18

A Guarda Nacional Republicana vai intensificar, durante o dia de amanhã, as ações de fiscalização e de sensibilização relativas ao transporte de madeira e seus derivados, com o objetivo de controlar o nemátodo do pinheiro.

Militares do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) irão efetuar ações de fiscalização nas entradas e saídas do país (fronteiras terrestres) e no interior do território relativamente ao cumprimento da legislação aplicável à circulação de plantas e partes de plantes, madeira, lenha, casca estilha e desperdícios de material lenhoso. Serão ainda concretizadas ações de sensibilização aos transportadores e restantes responsáveis pelas atividades de exploração, comercio e transportes relativamente à regras aplicáveis a estes materiais.

O nemátodo do pinheiro é um dos organismos com maior potencial destrutivo para a floresta de coníferas e tem sido responsável por fortes limitações ao comércio internacional de madeira. Sendo considerado um organismo prejudicial, a União Europeia tem publicado diversas decisões para que os países membros elaborem medidas para a sua erradicação. Portugal destaca-se pela sua área florestas onde a ocupação de pinheiro bravo representa 23% da área florestal total. Neste sentido, desde 1999, têm vindo a ser implementadas diversas medidas fitossanitárias para controlo e erradicação do nemátodo do pinheiro.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub