Futebol Jovem do Distrito de Viseu (11 e 12 de Janeiro)

por Miguel Vargas | 2014.01.14 - 17:42

Início das segundas voltas dos campeonatos.

Juniores A (Sub-19)

Na zona norte, o líder Sátão recebia a equipa do Paivense e procurava manter a regularidade apresentada na primeira volta da prova. Venceu por contundentes 4-1 e prossegue o seu tranquilo trajeto no primeiro lugar da prova. No grupo dos segundos classificados, o Penalva do Castelo folgou enquanto que Sp. Lamego e Cinfães bateram os seu adversários deste fim-de-semana (Moimenta da Beira e O Crasto, respetivamente) e, como tal, as distâncias mantêm-se para o primeiro classificado.

Na zona sul, Repesenses, Mortágua e Mangualde venceram todas fora de casa e assim conservam os três primeiros lugares que já lhes pertenciam aumentando a vantagem sobre o Molelos que folgou este fim-de-semana. Estas três equipas encontram-se separadas por 3 pontos pela ordem apresentada.

Juniores B (Sub-17)

No jogo grande da jornada do início da segunda volta na zona norte, o Sátão (3º) recebia um dos líderes da prova, o Drizes (2º). O jogo terminou empatado 1-1 e o grande beneficiado acabou por ser a equipa do Cracks de Lamego que venceu os Viriatos e assim começa esta segunda volta isolado no primeiro lugar com mais 2 pontos de vantagem sobre o Drizes. A surpresa da ronda vai para a derrota do Ol. Frades que estava no 4º lugar mas com uma diferença razoável para o grupo cimeiro da tabela classificativa, que perdeu em Castro Daire frente ao Crasto por 3-0. A equipa de Lafões conserva o 4º lugar mas tem neste momento a equipa do Cinfães mais próxima de si a apenas um ponto perdendo assim a ligação com os primeiros classificados.

Na zona sul, o Tondela recebia um adversário difícil, o Viseu e Benfica (3º), jogo que poderia ser aproveitado pelo Lusitano de Vildemoinhos para se aproximar do Tondela e para se afastar do Viseu e Benfica, mas este não foi o fim-de-semana das equipas viseenses. O Viseu e Benfica perdeu por 1-0 e viu o Tondela fugir com algum conforto já, no primeiro lugar; o Lusitano de Vildemoinhos recebia a equipa do Penalva do Castelo e perdeu por 0-1 mantendo o 2º lugar fruto do desaire do Viseu e Benfica mas a perder de vista a equipa tondelense que se distanciado pontualmente dos adversários.

Juniores C (Sub-15)

Na zona norte, uma jornada sem nenhuma surpresa. Vitórias para Cinfães, Cracks Lamego, Vouzelenses e Oliv. Frades (os quatro primeiros classificados) o que faz com que as distâncias só aumentem para o grupo dos últimos pois entre os primeiros tudo na mesma, o Cinfães tem mais 6 pontos que Cracks Lamego e Vouzelenses e mais 8 que Oliv. Frades.

Na zona sul, o Tondela continua a “passear” desta feita frente ao Nelas que venceu por 10-1 e muito dificilmente (só mesmo uma hecatombe) pode destronar o Tondela do 1º lugar. Viseu 2001 e Pinguinzinho (2º e 3º classificados) também cumpriram a sua obrigação e bateram os seus adversários do fim-de-semana mantendo-se as mesmas distâncias já verificadas até ao desenrolar desta jornada.

Nacionais

Na 2ª Divisão Nacional de Juniores – Série C – a equipa do Tondela garantiu este fim-de-semana o título de campeã de série ao empatar em sua casa frente ao Oliv. Frades num derby distrital. A duas jornadas do fim a equipa de Tondela consegue juntar este título símbolo ao já alcançado feito de estar presente na fase de subida à 1ª Divisão Nacional de Juniores A. A outra equipa do distrito, o Ac. Viseu consegue uma vitória importante sobre o Tocha por 2-1 o que leva a que consiga amealhar pontos importantes para o objetivo da manutenção.

No campeonato nacional de Juvenis, terminou este fim-de-semana a primeira fase da competição marcadamente de âmbito regional onde as equipas de Viseu (Ac. Viseu e Repesenses) se encontravam inseridas na Série C. E ambas as equipas obtiveram classificações que muito dignificam as suas instituições e o futebol jovem em Viseu. O Ac. Viseu terminou com 32 pontos no 3º lugar a apenas 3 pontos do 2º classificado, Académica de Coimbra. Se olharmos para a classificação as equipas que seguem para a fase de apuramento de campeão são de expressividade nacional (U. Leiria e Académica de Coimbra) e que mais reputação traz para os resultados obtidos. O Repesenses quedou-se pelo 5º lugar com 23 pontos encerrando a metade superior da tabela classificativa. Na última jornada as equipas de Viseu defrontaram-se e o Ac. Viseu foi mais forte vencendo o Repesenses por 1-2.

No campeonato Nacional de Iniciados, tivemos também o término da 1ª fase da prova, campeonato esse que no cômputo geral não foi um campeonato positivo para o distrito. De 4 representantes distritais, 3 ocuparam os três últimos lugares da tabela classificativa. Ressalva-se aqui a equipa do Repesenses que fez uma época tranquilo terminando no 5º lugar com 25 pontos (nesta última jornada venceu a Oliveirense, uma das equipas apuradas para a fase de apuramento de campeão). As vitórias de Lusitano de Vildemoinhos e Ac. Viseu este fim-de-semana não apagam a má prestação dessas equipas às quais teremos que associar o Crasto que inclusive terminou esta 1ª fase no último lugar. Para a fase de manutenção as equipas ficarão com metade dos pontos amealhados na 1ª fase o que pode trazer novas esperanças as equipas do nosso distrito mas facto é que não se augura uma 2ª fase fácil e as perspetivas não são de momento as mais favoráveis.