Faleceu a investigadora, pedagoga e poetisa Lilaz Carriço

por Rua Direita | 2016.06.14 - 21:30

 

 

“Mulher, poeta e intelectual de rara lucidez criativa e de notabilíssima originalidade pedagógico-didática, como o comprovam os variados manuais escolares e os não poucos artefactos de apoio com manifesto proveito e exemplo para gerações de estudantes, professores, educadores ou curiosos da literatura e da sua transmissão”. É como Martim de Gouveia e Sousa, investigador, define, em linhas e traço breves, Lilaz Carriço, que morreu ontem em Moimenta da Beira, aos 99 anos de idade.

A autora de “Literatura Prática”, o seu livro mais conhecido, compêndio didático que atravessou o percurso académico de várias gerações de estudantes, nasceu em Manaus (Amazonas, Brasil), em 19 de fevereiro de 1917, filha de emigrantes de Cabaços (Moimenta da Beira). Concluiu o Curso Complementar em Julho de 1938 no Liceu Carolina Michaëlis, no Porto, tendo recebido o Prémio Gomes de Sousa. Licenciou-se em Filologia Clássica pela Universidade de Coimbra, em 1945. Durante 41 anos lecionou as disciplinas de Literatura, Latim e Grego em diversos estabelecimentos do ensino secundário (nomeadamente o Liceu Carolina Michaëlis, no Porto, e o Liceu de Viseu, atual Escola Secundária de Alves Martins).

Autora de extensa bibliografia, nomeadamente poesia e, o já referido pendor didático para disciplinas de língua e literatura portuguesa no ensino secundário, Lilaz Carriço publicou mais de 1000 sonetos, “a forma poética que privilegia, deixando-se enlevar pelo sopro classicizante de que quase nunca prescinde”, explica Martim de Gouveia e Sousa. Na poesia, destaca-se: Arco-Íris Poético (1988); Miragem no tempo (1990); No Labirinto da Vida (1991). Depois há os inúmeros trabalhos feitos para a academia: gramáticas, manuais escolares, etc.

O funeral realiza-se amanhã, quarta-feira, 15 de junho. As cerimónias exéquias, às 11 horas, na igreja de Baldos, aldeia onde residia, e depois o funeral, no cemitério de Cabaços, freguesia das suas raízes.

RB

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub