ARIPESE esclarece Nuno Crato

por Rua Direita | 2014.01.15 - 12:43

Em resposta à intervenção pública do Ministro Nuno Crato, que no dia 18 dezembro 2013 pôs em causa a qualidade da formação realizada nas Escolas Superiores de Educação, estas escolas vão promover uma campanha de esclarecimento, de divulgação e de reflexão sobre o que fazem.

O senhor Ministro não pediu desculpa às ESE pelas infelizes declarações proferidas e o seu gabinete procurou convencer a opinião pública de que não disse o que, de facto, disse. Os professores e educadores formados pelas ESE, bem como todos os que nelas trabalham, merecem que se reconheça o trabalho que realizam. É imperioso que o ministro os valorize e não, como fez recentemente, instale a desconfiança sobre a qualidade dos profissionais da educação formados nas Escolas Superiores de Educação.

As ESE públicas promovem, a partir de 16 de janeiro, a campanha “ESE — quem somos e o que fazemos” para divulgar o trabalho que têm realizado ao longo de mais de 30 anos em prol do desenvolvimento do Sistema Educativo Português.

Esta campanha integra as seguintes iniciativas:

16 janeiro 2014 — paragem de 12 minutos em todas as ESE – o mesmo tempo que durou a entrevista do senhor ministro da educação e ciência na RTP1-  com a divulgação desta campanha (objetivos, estratégia e atividades), bem como a apresentação de dados concretos sobre a atividade das ESE.

Ao longo do ano:

— Divulgação, em todos os eventos realizados nas ESE, de informação relevante sobre o seu trabalho;

— Ações sistemáticas, de natureza diversa, nas várias ESE (publicação de artigos de opinião, organização de seminários, debates, …), continuando a promover a ligação à comunidade escolar e à comunidade em geral;

— Manutenção da reflexão sobre o tema em aberto nas redes sociais, dando ênfase às questões da política educativa;

— Realização de estudos sobre as ESE (papel das ESE na evolução do sistema educativo e avaliação externa das ESE).

18 dezembro 2014 — realização de um encontro para apresentação dos estudos realizados.

Pretende-se, ao longo do ano, marcar uma presença construtiva, sistemática e fundamentada, convocando especialistas, ex-alunos e outros profissionais para discutirem questões relacionadas com a educação em Portugal.

Em breve solicitaremos uma audiência ao senhor Ministro da Educação e Ciência.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub