Deputados do PS questionam Governo sobre as obras paradas em Viseu

por Rua Direita | 2014.05.07 - 21:16

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo distrito de Viseu, José Junqueiro, Acácio Pinto e Elza Pais, manifestaram hoje a sua profunda indignação pelo facto de nenhuma escola no distrito de Viseu constar na lista de 14 escolas divulgada ontem por Nuno Crato, ministro da Educação, cujas obras, que estavam suspensas, vão ser retomadas pela empresa Parque Escolar.

Em comunicado enviado às redações os deputados socialistas exigem saber quais os critérios que conduziram à escolha das 14 escolas ontem anunciadas quando, revelam, existem neste distrito vários exemplos de escolas que se encontram em obras ou que já têm mesmo todo o seu processo concluído.

Segundo revelam os socialistas, a Parque Escolar tem no distrito de Viseu escolas com obras em curso ou com processo concluído as escolas secundárias de Resende, Latino Coelho (Lamego), São Pedro do Sul, Viriato (Viseu), Moimenta da Beira e Mangualde. Em Oliveira de Frades assiste-se um enorme atraso nas obras.

Para os deputados do PS, “este governo abandona, de uma forma inadmissível o interior e o distrito de Viseu, reiterado com o silêncio do PSD e do CDS e dos seus deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu”.

Das nove obras no distrito lançadas pelo anterior governo apenas as duas situadas em Viseu chegaram à fase 2: a Escola Secundária Alves Martins e a Escola Secundária Emídio Navarro. Todas as sete restantes continuam a aguardar luz verde por parte deste executivo.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub