Centro de Referência de Nefrologia

por Rua Direita | 2016.12.20 - 14:16

Pela Comunicação Social, teve a LAVCHTV conhecimento de estar a decorrer a consulta pública sobre o novo mapa de referenciação da especialidade de Nefrologia.

Como é seu dever e obrigação, A LAVCHTV (Liga de Amigos e Voluntários do Centro Hospitalar Tondela Viseu), na sua qualidade de Associação de Defesa dos Utentes da Saúde vem publicamente manifestar:

1 – O Centro Hospitalar Tondela Viseu na sua referenciação primária não perde qualquer número de utentes. Os seus utentes são de fato todos aqueles que pertencem ao ACES Dão Lafões. No entanto outros factores existem.

2 – Os utentes pertencentes ao ACES Douro Sul, derivam normalmente para Lamego e de Lamego para Vila Real. Esta é uma situação que se vem a verificar há alguns anos, apesar de existirem acordos pontuais entre os autarcas locais e o Conselho de Administração do CHTV, para que esses doentes sejam atendidos em Viseu em detrimento de Vila Real.

3 – É da mais elementar justiça, apesar da situação geográfica destes concelhos, por razões históricas, de afinidade territorial, de vias de comunicação e meios de transporte, que estes utentes passem definitivamente a integrar a ARS Centro e a pertencerem de pleno direito, não só na especialidade em causa, mas em todas as outras a serem referenciados para o CHTV.

4 – Pela mesma razão, não se entende que os utentes de pertencentes à ULS da Guarda, mormente dos concelhos de Seia, Gouveia e Fornos de Algodres derivem para a Guarda em referenciação primária e depois, numas especialidades para Viseu, noutras para a Cova da Beira e Castelo Branco e noutras ainda, directamente para Coimbra.

5 – Como refere o documento em apreço sobre a rede de referenciação – “Atualmente o SNS depara-se com diversos desafios desencadeados, sobretudo, pelas alterações demográficas, mudanças nos padrões de doença e inovação tecnológica e mobilidade geográfica”, situação que se verifica no encaminhamento de utentes para o CHTV.

6 – Ainda, segundo a rede de referenciação hospitalar – Nefrologia de 2002 –  apontava já e correctamente para que os concelhos do Norte do Distrito drenassem para Viseu, bem como os concelhos do Distrito da Guarda, que opcionalmente poderiam derivar para Viseu ou Castelo Branco.

7 – Caberá também, aos autarcas dos concelhos referidos, como legais representantes dos seus munícipes, tomar as decisões que melhor defendam os seus interesses.

8 – Finalmente, e apesar da exiguidade das instalações do Serviço de Nefrologia do CHTV, mas sendo o que dispõe de maior número de profissionais médicos por habitante, por ser um Serviço de inegável qualidade, quer técnica quer profissional, entende a LAVCHTV reivindicar junto da tutela, através do sítio do Ministério da Saúde e directamente em ofício dirigido ao titular da pasta, que estes utentes, como até ao momento, sejam referenciados sempre e em primeira linha para o Centro Hospitalar Tondela Viseu.

Não se entenderá pois outra qualquer situação, o que a verificar-se, se traduzirá num manifesto prejuízo, para Viseu e para o seu Centro Hospitalar.

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub