CAFÉ MEMÓRIA EM VISEU

por Rua Direita | 2015.05.20 - 10:44

 

 

A Sonae Sierra e a Associação Alzheimer Portugal acabam de assinar um protocolo com a instituição “Obras Sociais do Pessoal da Câmara Municipal e Serviços Municipalizados de Viseu”, a Câmara Municipal de Viseu e ainda a Escola Superior de Educação de Viseu, entidades que serão responsáveis pela criação de um CAFÉ MEMÓRIA nesta cidade. O projeto contará ainda com o apoio da Novartis, que contribui financeiramente para a concretização desta iniciativa local.

As sessões do CAFÉ MEMÓRIA de Viseu irão funcionar na Biblioteca Municipal, aos quartos sábados de cada mês, entre as 10h00 e as 12h00, sendo que a primeira sessão está agendada para o próximo dia 23 de maio.

A expansão está integrada na estratégia de alargamento da iniciativa a diferentes regiões do país, com o objetivo de levar esta resposta social a um número cada vez maior de pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores. Com este acordo, o projeto com cerca de dois anos de existência passa a contar com nove locais de encontro: Lisboa (em três espaços), Cascais, Campo Maior, Porto, Viana do Castelo, Oeiras e, agora, Viseu.

A iniciativa tem como objetivo proporcionar um local de encontro para a partilha de experiências e suporte mútuo a pessoas com problemas de memória ou demência, seus familiares e cuidadores, com o acompanhamento de profissionais de saúde e de ação social. O CAFÉ MEMÓRIA pretende, assim, contribuir para a melhoria da qualidade de vida e redução do isolamento social em que muitas destas pessoas muitas vezes se encontram.

 

O projeto foi criado em abril de 2013, numa iniciativa da Sonae Sierra e da Associação Alzheimer Portugal, que teve início com as sessões a decorrerem nos Centros Comerciais Centro Colombo e CascaiShopping. Em fevereiro de 2014, fruto da parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, foram criados mais dois novos CAFÉS MEMÓRIA, com sessões na Cafetaria do Museu de S. Roque e no Espaço Santa Casa, em Lisboa. Também em 2014 o projeto chegou a Campo Maior, numa parceria com a Associação Coração Delta e Santa Casa da Misericórdia de Campo Maior. No mesmo ano, a iniciativa foi alargada ao Porto, em resultado do investimento local das fundações Montepio e Calouste Gulbenkian, e também a Viana do Castelo, em parceria com a Câmara Municipal de Viana do Castelo e a HOPE! Respostas Sociais. Este ano, o projeto já chegou ao concelho de Oeiras, resultado de uma parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, a Associação APOIO e o Rotary Club de Algés.

Desde o seu lançamento, o projeto registou 1.823 participações, maioritariamente cuidadores e familiares de pessoas com demência, e contou com o apoio de 164 voluntários que já dedicaram perto de 3.000 horas ao projeto. Contou ainda com a presença de cerca de 270 convidados, entre especialistas e pessoas interessadas na área das demências.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub