AS COINCIDÊNCIAS PARA ACREDITAR EM FUTUROS COLECTIVOS

por Rua Direita | 2013.12.18 - 11:04

Há exatamente 37 anos, no dia 18 de Dezembro de 1976, o Grupo de Teatro Amador – Trigo Limpo estreia a sua primeira produção “O Povo Acordou”. Por mera coincidência, no mesmo dia e 11 anos depois (1987), Tondela é elevada a cidade.

Há 37 anos, depois dos primeiros ensaios em Molelos nos múltiplos espaços que “abriram portas” ao grupo, os elementos do Trigo Limpo sobem ao palco do ginásio da Escola Preparatória Cândido de Figueiredo (actual espaço do Auditório 1 Novo Ciclo ACERT — outra grata coincidência). Só três anos depois, em 1979, se formou a ACERT, da qual o Trigo Limpo foi a génese.

37 anos depois:
• 101 produções teatrais apresentadas em 3 continentes;
• Milhares de espaços de representação;
• Milhares de espectACTORES (sim os do trigo limpo não são meros espectadores);

37 anos depois:
Um projecto identificado com o seu território, com os seus concidadãos;
Um projecto que continua a acreditar, tal como em 1976, que a cultura é um factor essencial de desenvolvimento;
Um projecto de afirmação da liberdade, criatividade e democracia;
Um projecto com marca de identidade no panorama artístico-cultural nacional e internacional;
Um projecto que não está acomodado, continua inquieto com o que se passa à sua volta.
37 anos depois, na ACERT com uma Tondela aberta ao mundo, a luta pelo sonho continua e continuará…

Miguel Torres

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub