VISEU SOCIAL

por José Carreira | 2015.10.26 - 08:57

 

 

Sexta-feira e sábado, foram dois dias fortemente marcados pela solidariedade, com diversas iniciativas que considero bons exemplos do ADN social que caracteriza os  viseenses.  Viseu é uma cidade solidária, inclusiva e socialmente empenhada.

 

LIBERDADE AOS PRESOS POLÍTICOS EM ANGOLA – VISEU – Na sexta feira, no final da tarde, foi organizada uma vigília a favor da libertação dos ativistas políticos em Angola, mais concretamente do músico Luaty Beirão, que se encontra em greve de fome em Luanda. (Transcrevo o último parágrafo da carta enviada pela sua esposa, Mónica Almeida, ao Expresso: “Da tua sempre persuasiva mulher, que conta, desta vez, persuadir-te a acabar a greve de fome, pois há uma promessa acima desta que tens mesmo de cumprir, não por mim mas pelo nosso tesouro, a Luena Almeida Beirão”). A Luena é a filha de Luaty…

Parabéns pela iniciativa de quem exige: “liberdade já”.

 

Café Memória de Viseu – No sábado realizou-se a sexta sessão do Café Memória de Viseu. Uma iniciativa que junta muitas vontades, plasmadas em acordos de parceria, e na vontade de ajudar de muitos voluntários que dão o melhor de si em cada sessão. Ver e ouvir as pessoas a cantar, receber um sorriso, um abraço, um beijo, não se explica, sente-se. Sinto uma enorme felicidade em fazer parte de um grupo tão coeso, generoso e amigo.

 

Dia Municipal da Igualdade – Também no sábado se assinalou o Dia Municipal da Igualdade. Aulas de dança; música ao vivo; animação infantil e registo de mensagens sobre a igualdade, foram algumas das atividades desenvolvidas com o objetivo de chamar a atenção da comunidade. Foi bonito ver as crianças a deixarem a sua marca digital nos tablet (Caravelas de Ideias) e nos múltiplos trabalhos que ilustraram os painéis com mensagens tão simples quanto genuínas. James deu música, de qualidade, aos presentes que também tiveram oportunidade de dançar com os instrutores do ForLife. Algumas alunas da ESEV e do projeto Escolhas Aceradas animaram as crianças, ofereceram-lhes balões e bonitas pinturas faciais.

BEM HAJAM!!!

LIBERDADE JÁ: “>