“Viseu Primeiro” ?

por PN | 2016.08.16 - 13:44

 

 

“Uma Comunidade coesa, próxima, que leva o Rossio às Aldeias, mas também as Aldeias ao Rossio. Onde as freguesias têm identidade.”

“Em Viseu, a qualidade ambiental é protegida, devendo generalizar-se uma cultura de eficiência energética e de sustentabilidade.”

O “Terceiro Pólo Cultural do País” com “candidatura a Património da Humanidade”, segundo o Programa Eleitoral proposto por Almeida Henriques em 2013.

Uma leitura atenta das 35 páginas deste programa dá pano para muitas mangas… A seu tempo lhe dedicaremos a devida atenção.

 

Também o Matadouro Municipal, fechado em Junho de 2003 por invocados motivos de não obedecer às normas comunitárias vigentes e por recusa ou incapacidade financeira da entidade proprietária em lhas proporcionar, se mantém num estado de gradual degradação, sendo um péssimo cartão-de- visita para quem entra em Viseu pela EN229 ou até vindo da A25 e do IP5.

matadouro

Lembramos que esta estrutura pertencia à sociedade Matadouros da Beira Litoral, com sede em Aveiro, que adquiriu a PEC Lusa em 1999 com todo o seu património em três capitais distritais, Aveiro, Coimbra e Viseu.

Recorde-se esta infra-estrutura empregava em 2003 46 funcionários, que reuniram com o então autarca Fernando Ruas, solicitando a sua intervenção no sentido da construção de um novo matadouro no concelho de Viseu visando dar resposta ao sector.

Hoje, 13 anos volvidos, tudo está como em 2003. Só que o Matadouro é hoje um cóio de marginais e está em vias de impressionante e irreversível destruição parcial.