Viseu… cautela!

por PN | 2020.01.07 - 15:20

Não é preciso perder mais de 15 minutos para, em quatro lugares da cidade de Viseu, encontrar danos viários que, maioritariamente, se encontram em “banho maria”, no que toca à sua resolução.

Se alguns, como o do acesso ao CHTV, podem ser de mais morosa resolução, os outros três aqui demonstrados em imagens hoje captadas serão somente alvo da delongada incúria dos responsáveis, despreocupados com a segurança dos utentes e o bem-estar dos munícipes.

Junto à rotunda da Volvo, uma árvore caída aquando do “furacão” (quando foi isso?), deixou os destroços acerados à vista de todos, impedindo a circulação no passeio a cidadãos portadores de deficiência e gerando riscos a idosos com mobilidade limitada e a crianças incautas.

Junto ao Fórum … é o que se vê há semanas.

Em Marzovelos, a ratoeira funda está à vista e já provocou danos em veículos, estando agora “sinalizada” por um meco volátil, um remendo pouco adequado para o efeito.

No acesso ao CHTV, que continua encerrado ao trânsito no sentido descendente, como se vê na foto supra, já se vislumbram (enfim) obras de reparação, mas com tempo de conclusão indeterminado.

Se estes “incidentes” são fruto de uma meteorologia adversa, deveriam também, independentemente da gravidade dos danos causados, ser objecto de imediata atenção e reparação. E não de aleatória sinalização e resolução perduradas no tempo. Aliás, em boa verdade se diga, os viseenses não estavam habituados a isto, com anteriores executivos, muito sensibilizados e eficazes em situações a estas análogas.

Paulo Neto