Quem avalia a comissão de ética?

por Alexandre Borges | 2016.11.01 - 08:48

 

 

Barroso foi trabalhar para o Banco responsável por enganar a União Europeia quando aconselhou a Grécia a aldrabar as suas contas.

Barroso foi trabalhar para o Banco que, enquanto Presidente da Comissão Europeia, recebia em reuniões privadas e com quem trocava e-mails onde eram perceptíveis relacionamentos próximos.

Barroso foi trabalhar para o Banco que ajudou a vender Portugal a interesses económicos estrangeiros e ajudou a transformar a Europa dos Cidadãos na Europa das corporações. A Europa onde Schaüble zurze nos povos e protege empresas como a Volkswagem ou o Deutsche Bank.

O “Comité de Ética” da União Europeia, seja lá o que isso for, assegura aos milhões de cidadãos, integrados neste grande teatro em que ela se transformou, que Barroso não violou nenhuma regra ou ética.

Está dito.

Este comité apenas nos deu mais uma evidência daquilo que a UE hoje é.

Quem avalia a ética do “Comité de Ética” e da sua “União”?

Natural de Canas de Senhorim. Licenciado em geologia pela UC. Virulentamente bombeiro. Gosta de discussões cordiais, de vaguear pelo mundo munido de auscultadores.

Pub